• Sábado, 5 de dezembro de 2020
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Óxido de cálcio e magnésio garante melhor custo-benefício na adubação do pasto


Informe publicitário oferecido por Fertimacro

Quinta-feira, 12 de novembro de 2020 - 05h30

A facilidade de aplicação e a alta concentração do produto elevam a produtividade da pastagem. Conheça essas vantagens.


O pecuarista mudou o olhar sobre o pasto, passou a corrigir o solo, adubar e nutrir a pastagem. O objetivo é aumentar a produtividade de massa verde por hectare e, consequentemente, de matéria seca e teor de proteína. Uma ótima estratégia para potencializar os ganhos na pecuária. 


A procura por tecnologia e inovação para o pasto é crescente entre os criadores de gado, que querem produzir cada vez mais, em uma área cada vez menor. Porém, a premissa básica na adubação de pastagens é o uso de NPK (nitrogênio, fósforo e potássio), sendo negligenciada a necessidade de cálcio e magnésio que o solo demanda.


Quando considerada, a opção mais comum é o uso do calcário, o qual não entrega resultados suficientes para um desempenho rápido e de qualidade. O calcário, por si só, não consegue aumentar os índices de magnésio, porque as pastagens normalmente encontram-se em regiões de baixa CTC no solo. Mas então, o que fazer? 


Certamente, você já enfrentou um dilema semelhante na sua pastagem, não é mesmo?  Ao resolver questões como esta e oferecer muitas outras soluções, a Caltec vem consagrando um novo produto: o Fertimacro. Um ferticorretivo em forma de óxido que apresenta elevadas concentrações de cálcio e magnésio altamente reativos. 


A granulometria é refinada, o que permite fácil aplicação e baixa deriva. Fertimacro não é calcário. O produto, em forma de óxido, tem características exclusivas, e a rápida resposta na evolução do pasto está atrelada às tecnologias que possui. Uma delas é a tecnologia Flux, que promove facilidade de aplicação. A granulometria diferenciada tem alto poder de escoamento, garantindo distribuição uniforme e homogênea. Permite que o produto seja aplicado com diversos tipos de implementos, não gera entupimentos e o principal: tem deriva reduzida. Uma garantia do total aproveitamento do produto no solo.


Confira no vídeo o comparativo de aplicação entre calcário e Fertimacro.



Fertimacro também conta com a tecnologia Oxy Pro que promove alta disponibilidade do cálcio e do magnésio no solo. A matéria-prima é diferenciada e passa por tratamento térmico controlado em baixas temperaturas, o que torna o produto mais reativo e mais disponível.


A alta concentração do óxido, permite doses reduzidas com rápida resposta, e consequentemente, entrega de resultados com melhor custo-benefício. A tecnologia Oxy Pro permite uma ampla janela de aplicação do Fertimacro. A alta reatividade do óxido no solo possibilita que o produto seja aplicado em qualquer época do ano, já que o óxido precisa de pouca umidade no solo para reagir e tem menor dependência das condições climáticas. Diferentemente do calcário, cuja época de aplicação é restrita ao período de chuvas.


A facilidade logística também faz toda a diferença. O Fertimacro está disponível em big bags de 1000kg e embalagens de 25kg. Assim, a mesma estrutura usada para a aplicação de adubo NPK se adequa ao manuseio do Fertimacro. Em contrapartida, a aplicação do calcário requer uma logística mais robusta. Para descarregar o calcário, geralmente a granel, se faz necessário um pátio na pastagem, com acesso facilitado. Além da estrutura envolvida, como pá-carregadeira ou trator de concha para abastecimento dos implementos.


Fertimacro é recomendado em todos os tipos de intervenções em pastagens. A facilidade de aplicação do produto amplia as possibilidades de uso e traz excelentes resultados. 


Na implantação ou reforma: o ganho operacional é evidente ao substituir o calcário por óxido nessa modalidade, pois é possível a aplicação de doses significativamente inferiores. A distribuição é mais homogênea, não precisa de incorporação e a dispersão (deriva) é visivelmente reduzida. O aproveitamento no solo é muito maior, haja vista que na aplicação de calcário a lanço, a deriva é muito alta, a ponto de o alvo ser a propriedade vizinha. 


Na recuperação: o alto poder de escoamento e a alta reatividade de Ca e Mg são as principais vantagens do uso do Fertimacro na recuperação da pastagem. Pois garantem uma rápida resposta na evolução do pasto: rebrota rápida, maior perfilhamento e planta mais nutrida. 


Na manutenção: A facilidade de aplicação é o diferencial nesta modalidade. O produto não precisa de incorporação e é aplicado facilmente com qualquer implemento, como por exemplo o modelo Vicon, comumente encontrado nas propriedades rurais. Além disso, por ser refinado, quando aplicado sobre a pastagem, passa facilmente pelas folhas sem aderir a elas, atingindo o solo rapidamente.



Além da facilidade de aplicação e do perfeito aproveitamento do produto no solo, a nutrição do pasto é imediata. Uma pastagem bem nutrida eleva a produção de massa verde e matéria seca por hectare. Tem maior velocidade na rebrota, aumento do perfilhamento da forrageira e prolongamento do período de pastejo dos animais. Apresenta maior tolerância ao estresse climático, devido ao crescimento e aprofundamento do sistema radicular, além de ofertar mais cálcio e mais magnésio ao gado na ingestão das folhas, nutrindo melhor esses animais.


Quer Fertimacro na sua pastagem? Acesse o site e saiba mais.



<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>
Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos



TV Scot

Podcasts



Loja

Facebook