• Terça-feira, 19 de novembro de 2019
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Dentre as proteínas, a carne de frango foi a que obteve maior valorização em 2016


Quinta-feira, 5 de janeiro de 2017 - 05h55

Foto: www.agrobrasiltv.com.br


Diante de um cenário macroeconômico ruim em 2016, o mercado de frango se destacou entre as proteínas.


A média anual dos preços pagos pelo frango vivo em São Paulo ficou 10,6% maior que em 2015. A cotação média foi de R$2,89/kg.


Os abates seguem movimento crescente. No acumulado dos três primeiros trimestres o país abateu 4,45 bilhões de cabeças (IBGE), aumento de 3,7% na comparação com igual período do ano anterior. O mercado conseguiu absorver bem a produção. A crise econômica no país aumentou a procura por proteínas de menor custo.


As exportações também colaboraram com o setor.


A carne de frango no atacado em dezembro acumulava valorização de 12,1% em doze meses, enquanto a suína teve alta de 8,0% e o dianteiro bovino queda de 2,2% no período.


A forte valorização do milho, porém, diminuiu as margens dos avicultores.


Para 2017, a expectativa de patamares menores para os preços do milho é favorável para o setor e, ainda diante de um cenário econômico desafiador, a carne de frango continua sendo uma opção interessante para o consumidor.



<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>

Buscar
Scot - Facebook Leite
 
Scot - Facebook Scot - Twitter Scot - Youtube Scot - Instagram Scot - Rss Scot - Linkedin

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos



TV Scot

Podcasts



Loja

Facebook





  • Copyright 2019, Scot Consultoria, Rua Coronel Conrado Caldeira, 578 • Bebedouro - SP - Brasil - 14701-000 | +55 17 3343 5111