• Quinta-feira, 20 de junho de 2024
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Dia de campo encerra Encontro de Confinamento da Scot


Quinta-feira, 23 de abril de 2015 - 18h09


Equipamentos, confraternização e muita informação sobre novas tecnologias em confinamento marcaram atividades no Confinamento Monte Alegre, em Barretos (SP).


Cinco estações mostrando a produção de feno, os investimentos em sustentabilidade, nutrição automatizada, investimento maciço em boa sanidade e manejo de primeira com o gado, da entrada à saída do confinamento. Três cursos de aprimoramento sobre fenação e forragem, gestão de produção e gestão de processos e riscos. Carne saborosa, prosa de amigos, uma pequena exposição de equipamentos para agricultura e pecuária de empresas parceiras, tudo embalado por uma boa moda de viola. Foi neste panorama de otimismo e confraternização que foi realizado o dia de campo que encerrou o Encontro de Confinamento da Scot Consultoria, na sexta-feira, dia 17, em Barretos (SP), na Estância Monte Alegre, de propriedade do empreendedor André Perrone. O evento da Scot começou na terça-feira, 14, em Ribeirão Preto, com palestras e discussões envolvendo manejo, sanidade, nutrição, gestão e novas tecnologias em recria, comercialização e confinamento. Reunindo especialistas como Moacyr Corsi, Sérgio De Zen, Enrico Ortolani e Flávio Portela. Pela primeira vez, o encontro abordou especificamente a fase de recria diante dos altos preços da reposição do rebanho, que hoje está caríssima e complicando a vida dos confinadores. "Aqui, são velhos conhecidos que se encontram para falar da nossa agropecuária, que é de fazer inveja até para os americanos", saudou Alcides Torres, o " Scot". "Estamos sempre aprendendo, vendo o que os companheiros fazem para trabalharmos ainda melhor em nossa propriedade. Bem vindos, minha casa é de todos vocês", recebeu André Perrone, dirigente do Confinamento Monte Alegre.


As estações montadas em Barretos mostraram o trabalho com fenação, sustentabilidade, nutrição totalmente informatizada, boa sanidade e manejo moderno e de rastreabilidade total. Já os minicursos trataram de aspectos específicos, como o feno e pré-secado, com apresentações de Moacir Corsi e Fernando Mendonça, professores da Universidade de São Paulo (USP - ESALQ), Luiz Keplin, da Alltech, e Jean Salau, da Kuhn do Brasil. No encontro de gestão de processos e de risco de mercado, Flávio Abdo e Maurício Manduca, do Marfrig, destacaram o trabalho da indústria para obter boas parcerias e carne de melhor qualidade e uniformidade. Paulo César e Cleber Pizeta também participaram. Por último, um curso específico para mulheres gestoras do agronegócio, com Mário Garcia e Cássio Vieira, da Exagro. "Foi muito bom, tivemos muitos fazendeiros, gente de vinte estados que vieram para mostrar o que estão fazendo e aprimorar conhecimentos. Apesar dos problemas políticos e econômicos, percebi um ambiente de otimismo na pecuária brasileira. Uma expectativa plenamente satisfeita", analisou Alcides Torres. A sexta-feira terminou com os participantes saboreando a carne, o arroz tropeiro, o feijão e a farofa tradicionais da Queima do Alho, marca centenária da culinária tropeira paulista.


Fonte: portal BeefWorld. Publicado em 19/04/2015 - http://www.beefworld.com.br/noticia/dia-de-campo-encerra-encontro-de-confinamento-da-scot



<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>

Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja