• Domingo, 29 de março de 2020
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Queda nas exportações de milho


Sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020 - 05h45

Foto: pixabay.com


Em fevereiro, até a segunda semana (10 dias úteis), o Brasil exportou, em média, 25,65 mil toneladas de milho por dia.


O volume diário embarcado caiu 75,4% na comparação com janeiro deste ano e foi 67,9% menor, frente a fevereiro de 2019. 


Com o avanço da colheita da soja, que é o carro-chefe na safra de verão, a tendência é de quedas nas exportações brasileiras de milho nos próximos meses e aumento dos embarques de soja. 


Em fevereiro, a média diária exportada cresceu 185,0%, totalizando 192,81 mil toneladas de soja em grão, mas ainda assim foi 26,8% menor que a média de fevereiro do ano passado. 


As exportações de milho deverão ser retomadas no segundo semestre, após a colheita da segunda safra. 


A expectativa da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) é de que o país exporte 34 milhões de toneladas do cereal nesta temporada, frente ao recorde na safra passada, de 41,17 milhões de toneladas. 


No entanto, com um dólar valorizado, esse volume poderá ser revisado para cima nos próximos relatórios, o que enxugaria ainda mais as estimativas de estoques finais na temporada. 


Análise originalmente publicada no informativo Boi & Companhia, edição 1379.





Convide sua equipe, reúna seu time e garanta seu lugar no Encontro de Confinamento e Recriadores da Scot Consultoria. De 4 a 7 de agosto, em Ribeirão Preto-SP. INSCREVA-SE AQUI.


<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>