• Segunda-feira, 15 de julho de 2024
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Nova via de escoamento para bovinos vivos


Segunda-feira, 6 de junho de 2016 - 15h50


Depois de Pará, Rio Grande do Sul e outros estados, em menor quantidade, São Paulo deverá começar a embarcar bovinos vivos. Esta, que é mais uma via de escoamento, gera concorrência e é positiva do ponto de vista do pecuarista, deve se tornar realidade nas próximas semanas.


A operação será feita pela companhia Wellard, multinacional australiana, que já opera no Brasil há alguns anos e recentemente migrou a base de atuação para a região de São José do Rio Preto-SP.


A Scot Consultoria falou com Adriano Caruso, diretor comercial da empresa, responsável pela operação no país.


“A logística no estado de São Paulo é muito convidativa, por estar bem próximo dos estados com maior produção de gado e ainda mais próximo dos portos”, comenta o diretor. Afirma também que o estado é estratégico no quesito bovinocultura e que a tendência é firmar base na região.


O perfil dos bovinos dessa primeira operação é de animais novos, de até 300kg, cruzamento industriais, anelorados, Angus, Bradford, Hereford e outras raças europeias. A área de prospecção abrange os estados de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná e São Paulo.


De acordo com o diretor, os embarques se darão a partir do porto de São Sebastião-SP, com dois navios da empresa, construídos especialmente para a atividade de transporte de carga viva, sendo um com capacidade para 22 mil cabeças e o outro, 7,5 mil.


De acordo com Caruso, os embarques estão agendados para acontecer nas próximas semanas, variando de acordo com as condições nos portos.


A expectativa de embarques para os próximos anos são muito promissoras, comenta Caruso, que vê com bons olhos as relações comerciais com países como Turquia, Egito e também o Vietnã.



<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>

Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja