• Domingo, 14 de julho de 2024
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Quadro no Rio Grande do Sul se inverte


Sexta-feira, 12 de maio de 2023 - 12h00

Foto: Unsplash


Rio Grande do Sul e Oeste de Santa Catarina têm apresentado os maiores volumes de chuvas no primeiro decêndio deste mês, entre 100 e 300 milímetros.


Em boa parte da região Norte, as chuvas também têm ocorrido, mas em volumes menores, entre 25 e 150 milímetros. No restante do país, as chuvas não ultrapassaram os 25 milímetros. Veja na figura 1.


As chuvas mais expressivas ao Norte e ao Sul do país estão acima do que é esperado para este período, de acordo com a normal climatológica, estando entre 25 e 200 milímetros, ocorrendo a maior anomalia no Rio Grande do Sul, atingindo os 300 milímetros acima da normal climatológica. Veja na figura 2.


As chuvas têm favorecido o desenvolvimento vegetativo do milho de segunda safra. No RS, a colheita de soja não avançou tanto na última semana devido ao grande volume de chuvas e dias nublados, mantendo alta umidade no solo.


De 11 a 19 de maio, as chuvas deverão ocorrer apenas ao Norte do país, em Amazonas, Roraima, Amapá e Pará. No Nordeste, poderemos ter chuvas entre 20 e 50 milímetros. No restante do país, no Centro-Sul, não deverá chover. Veja na figura 3.


Figura 1.
Precipitação acumulada em maio/23 (até dia 10), em milímetros.

Fonte: INPE/CPTEC


Figura 2.
Anomalia de precipitação em maio/23 (até dia 10), em milímetros.

Fonte: INPE/CPTEC


Figura 3.
Previsão de precipitação entre 11 e 19 de maio, em milímetros.

Fonte: COLA



Próxima Notícia >>

Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja