• Sexta-feira, 5 de março de 2021
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Chuvas foram concentradas na região Norte e parte do Nordeste do país


Quinta-feira, 30 de abril de 2020 - 14h10

Como era esperado para esse período do ano, as chuvas diminuíram no Brasil Central e Centro Sul do país.


No acumulado de abril, até o dia 29, os volumes ficaram entre 25 e 100 milímetros em boa parte das regiões Sul, Sudeste, Centro-Oeste. 


Nos estados no Norte e Nordeste, as precipitações ocorreram em maiores volumes, chegando a 350-400 milímetros no período analisado. Veja a figura 1.


A preocupação maior é com relação à situação das lavouras de segunda safra (2019/2020), em fase de desenvolvimento, em particular no Paraná e Mato Grosso do Sul, em função da falta de chuvas. 


Em algumas regiões não chove há mais de 25 dias (figura 2).


Observe na figura 3, que o déficit de chuvas variou de 50 a 100 milímetros em relação à normal climatológica (média histórica) em alguns estados do Sul, Sudeste e Centro-Oeste do país.


Para o início de maio, a previsão é de chuvas fortes somente na região Norte do Brasil e parte do Nordeste (Maranhão e Piauí). Para o restante do país, o volume de chuvas não deve ultrapassar os 30-50 milímetros. Veja a figura 4.




Próxima Notícia >>