• Segunda-feira, 22 de abril de 2024
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Carta Insumos - Melhora o poder de compra do pecuarista frente ao DDG


Quinta-feira, 28 de março de 2024 - 08h00


A produção de etanol de milho no Brasil deverá representar 18,0% da demanda por milho no país (figura 1).


Figura 1.
Participação da produção de etanol de milho na demanda total do grão no Brasil.



Fonte: Conab / Elaboração: Scot Consultoria


Com maior oferta de soja e milho na safra 2022/23, aumento na produção de etanol de milho e maior oferta de insumos concorrentes, destaque para o farelo de soja, a cotação do DDG caiu.


Em Goiás, a cotação do DDG, convertido para 32,0% de proteína bruta, caiu 4,0% (- R$48,83/t) na primeira quinzena de março/24, frente à média em fevereiro/24, estando negociado a R$1175,78/t, sem frete. Em doze meses, a cotação cedeu 22,6%.


Em Mato Grosso, a cotação do DDG 32% PB, fechou a primeira quinzena de março/24 negociada em R$1.059,77/t, sem frete, retração de 15,2%, ou R$189,45/t, em relação a fevereiro/24. Em doze meses, a cotação está 28,0% menor.


Relação de troca

O preço médio do boi gordo em Goiás caiu 3,0% em março, apregoado em R$207,75/@, preços a prazo e livre de impostos. Em doze meses, a cotação caiu 15,3%. 


Em Mato Grosso, o quadro também foi de queda à cotação do boi em março, que caiu 0,5%, negociado em R$205,17/@, preços a prazo e livre de impostos. Em doze meses, a cotação caiu 14,7%. 


Com queda mais acentuada no preço do DDG do que nos preços no mercado do boi gordo, melhorou a relação de troca para o pecuarista em ambos os comparativos e estados.


Em Goiás, em março, foram necessárias 5,66 arrobas para comprar uma tonelada do insumo.


Em Mato Grosso, 5,17 arrobas são necessárias para comprar uma tonelada do insumo.


Acompanhe na figura 2 as relações de troca.


Figura 2.
Relação de troca*: arrobas de boi gordo por tonelada de DDG (32% PB).



*até a primeira quinzena de março/24. | Fonte: Scot Consultoria


Apesar da queda nos preços do DDG, levando em consideração o teor de proteína bruta (PB) dos alimentos concentrados, há insumos que estão com os preços menores que o DDG (tabela 1), por isso, é importante avaliar outros critérios além do preço na escolha dos componentes da dieta.


Tabela 1.
Comparação de preço entre alimentos concentrados e custo do kg de proteína bruta (PB) e da matéria seca dos produtos analisados. Referência: primeira quinzena de março de 2024.



Fonte: Scot Consultoria


Expectativas

Com a perspectiva de menor oferta de milho no Brasil na temporada 2023/24, os preços do DDG poderão subir até a colheita da segunda safra – atenção ao preço dos concorrentes, que podem limitar altas às cotações, apesar da expectativa de menor oferta da matéria-prima. Com isso, a expectativa é de que os preços do DDG trabalhem entre estabilidade/alta em curto prazo. 


Para o mercado do boi gordo, com o avanço do outono e manutenção do descarte de fêmeas, a expectativa é de mercado baixista no curto prazo. 


Desse modo, para o pecuarista, a relação de troca pode piorar nos próximos meses, frente ao atual patamar. 


Para maiores informações sobre, acompanhe as atualizações mensais dos mercados nos relatórios de DDG e WDG da Scot Consultoria.



<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>

Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja