• Sábado, 13 de julho de 2024
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Carta Leite - Mercado de leite: panorama e expectativa


Sexta-feira, 19 de maio de 2023 - 06h00


O preço do leite pago ao produtor em abril, referente à captação em março, aumentou. O preço está em R$2,471/l, referente à média ponderada de 18 estados produtores, monitorados pela Scot Consultoria.


O mercado de leite é sazonal e está diretamente associado ao clima. A maior parte do rebanho bovino brasileiro é criado em sistema extensivo, em pastagens, portanto, na seca, a produção de leite cai, devido à menor oferta de forragem.


Então, quais motivos levaram ao aumento de preços no início deste ano? Oferta e demanda.


O poder de compra do brasileiro tem melhorado e, consequentemente, a demanda por produtos lácteos também. Além disso, a produção está mais ajustada nos últimos meses.


O produtor de leite viu sua margem diminuir ao longo dos últimos anos. Este fator levou muitos pecuaristas a desistirem da atividade.


O Brasil é importador de produtos lácteos, sendo o leite em pó o principal produto importado. Em 2022, a importação brasileira ocupou a quarta posição mundial e, até abril/23, 70% das compras corresponderam ao produto.


Durante o primeiro trimestre de 2023, o Brasil importou muito. Para efeito comparativo, em março/23, a importação de leite em pó aumentou 394,26% em relação a março/22.


A expectativa para este ano é de recorde na importação de lácteos. Nossos principais parceiros são a Argentina, Uruguai e Paraguai, em ordem de importância, somando pouco mais de 90% do volume que importamos de lácteos este ano.


Nos últimos meses, a cotação internacional caiu, tornando atraente a importação.


No último relatório do Global Dairy Trade (GDT), referente à primeira quinzena de maio, a cotação do leite em pó subiu, porém sem mudar o fluxo dos negócios.


Figura 1.
Preços médios, em dólares por tonelada, do leite em pó.

Fonte: Global Dairy Trade / Elaborado por Scot Consultoria


Expectativa

Deveremos ter um mercado de leite importador em 2023.


O leite pago ao produtor deve continuar com preços firmes, com a entressafra.


Os custos de produção com alimentação devem ser menores ao longo do ano. Espera-se safra recorde para o milho e para a soja, fator que tem pressionado as cotações destes grãos no mercado interno e refletido em outros insumos.


A demanda por lácteos tende a aumentar, dando firmeza às cotações e à importação.



<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>

Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja