• Sábado, 5 de dezembro de 2020
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Carta Leite - Captação de leite aumentou no Brasil, mas no Nordeste caiu


Segunda-feira, 15 de outubro de 2012 - 16h58

Foram coletados 5,2 bilhões de litros de leite no segundo trimestre de 2012, 9,7% menos que nos primeiros três meses do ano (IBGE).


A pesquisa considera apenas a produção formal, ou seja, leite com inspeção municipal, estadual ou federal.


Em relação ao segundo trimestre de 2011 foi adquirido 2,8% mais leite, ou 139,7 milhões de litros a mais. Veja a figura 1. 



Apesar de o segundo trimestre de 2012 ter sido mais seco em relação ao segundo trimestre de 2011 na maioria dos estados brasileiros, principalmente nos da região Nordeste, a captação de leite no Brasil foi maior. Observe a figura 2. 



Em alguns estados, como no Rio Grande do Sul, onde faltou alimento para os animais em alguns períodos, os produtores investiram em suplementação do rebanho.


Minas Gerais, principal estado produtor de leite do Brasil, teve uma precipitação menor do que o normal no segundo trimestre deste ano, em especial no norte do estado, o que fez com que a produção caísse 1,4% em relação ao mesmo período de 2011. Observe a tabela 1.



Em todos os estados do Nordeste, com exceção da Paraíba, a produção de leite caiu. Destaque para a produção na Bahia, cuja queda foi de 33,3%.


Analisando a captação mensal observa-se que em junho ocorreu o maior volume captado no trimestre, 1,8 bilhões de litros de leite. Figura 3. 



Considerações finais


Normalmente nos terceiros trimestres a tendência é de aumento na produção de leite, mas no Nordeste o cenário é de queda, devido à persistência da falta de chuvas.


A alta deve ser comparativamente mais representativa no Sul do país devido às pastagens de inverno.


Segundo o Índice Scot Consultoria de Captação de Leite, em julho e agosto aumentou a captação de leite, considerando a média nacional, entretanto, em setembro houve ligeira queda.


A expectativa é de que em 2012 a captação aumente perto de 4,0%, em relação a 2011. Tal expectativa está relacionada com o regime de chuvas e dos custos com a alimentação.



<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>

Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos



TV Scot

Podcasts



Loja

Facebook