• Sábado, 5 de dezembro de 2020
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Vagões misturadores de ração: importância e preços


Segunda-feira, 9 de novembro de 2020 - 18h00

Analista de mercado da Scot Consultoria.


Foto: Scot Consultoria

 


O que são vagões misturadores?

Vagões misturadores são equipamentos que têm, por finalidade, a pesagem, mistura e distribuição da ração total proveniente de uma dieta formulada (Kasburg, 2010).


Tipos:


Horizontais – móveis ou estacionários, recomendados para o uso de fibras curtas, silagem de capim e permitem o uso de fenos. Tempo de mistura relativamente rápido (em média, cinco minutos).


Verticais – móveis ou estacionários, recomendados para o uso de feno e silagens de fibra longa, e permitem o uso de diferentes volumosos. Exigem um tempo médio de mistura (maior que o modelo horizontal).


Tombadores – móveis ou estacionários, recomendados para dietas de alto grão e fibras curtas, têm rápido tempo de mistura (em média três minutos). São mais eficientes.


Qual a função dos vagões misturadores?

Homogeneizar e distribuir adequadamente a ração, garantindo que o formulado chegue integralmente ao cocho.


Homogeneização da dieta

A dieta homogeneizada auxilia no desempenho e na saúde dos bovinos e garante que o animal tire o máximo proveito dos alimentos.


Esse processo evita oscilação do pH ruminal, pois cada porção da dieta consumida terá proporções iguais de ingredientes. Isso melhora a eficiência de absorção pelos microrganismos ruminais, principalmente relacionado à síntese de proteína microbiana.


Benefícios da utilização de vagões misturadores

Controle do consumo de MS;


   Garante a ingestão adequada de concentrado e forragem, sem seleção de ingredientes (homogeneização).


- Controle da dieta fornecida;


   Garante que o que foi formulado seja fornecido.


Precisão da quantidade de ingredientes fornecidos aos animais;


Controle de sobras no cocho;


Otimização da mão de obra.


Marcas, modelos e preços

Tabela 1.  Marcas, modelos e preços de vagões misturadores.


Marca Modelo Fabricação Tipo Capacidade volumetrica (m³) Tecnologia inserida (sistema de pesagem) Prazo de entrega Preço (mil R$)
Brutale MTB Nacional Tombador 4,0 - 6,0 - 9,0 - 12,0 - 16,0 - 19,0 - 22,0 Digital 120 dias 115 a 290
MVB Vertical 2,5 - 3,5 - 6,0 - 9,0 - 13,0 - 17,0 - 22,0 75 a 280
MHB Horizontal 4,0 - 6,0 - 9,0 - 12,0 - 15,0 75 a 290
Casale Rotormix Nacional Horizontal 4,0 - 6,5 - 8,5 - 11,0 - 17,5 - 20,0 - 27,0 Digital Não Informado Não Informado
Rotormix SC
Totalmix 2,5 - 4,0 - 6,5 - 8,0 - 10,0 - 12,0 - 15,0
Vertimix Vertical 2,0 - 3,5 - 5,0 - 7,0 - 9,0 - 12,0 -14,0 - 20,0
DeLaval VM5 Importado Horizontal 5 Digital 90 dias Não Informado
VM8 8
VM10 10
VM12 12
VM16 16
VM19 19
VM22 22
HM8 Vertical 8
HM12 12
VO Standard Horizontal/
Vertical
Sob encomenda
VO Master
Gelgás VMV 370 A.C. Nacional Vertical 3,7 Digital 45 dias Não informado
VMV 700 A.C. 7,0
VMV 470 4,7
VMV 1000 10,0
Top 200 Inox 2,0

Grupo NB
(JF Máquinas/
Nogueira)


Mix 1500 S2/ VMN 1.5 Nacional Horizontal 1,5 Digital 120 dias 45
Mix 2000/ VMN 2.0 2,0 50
Mix 4000 PA/ VMN 4.0 PA 4,0 81,5
Mix 4000/ VMN 4.0 com fresa 144
Mix 6000 PA/ VMN 6.0 PA 6,0 95,5
Mix 6000 / VMN 6.0 com fresa 175
Mix 8000 / VMN 8.0 8,0 197
Haramaq Tipper Nacional Tombada 8,0 - 10,0 - 12,0 - 14,0 Digital 120 dias 115 a 210
Prohmix 1.6 Vertical 1,6 40
Prohmix 1.6/1.9 1,9 68
Prohmix 3.0 3,0 86
Prohmix 6.0 6,0 150
Porhmix 13.0 13,0 160
Supermix 1.5 Horizontal 1,5 25
Supermix 2.0 2,0 60
Supermix 4.2 4,2 85
Supermix 7.0 7,0 120
Ipacol VRTM 2.5 Nacional Vertical 2,5 Digital 150 dias 65
VRTM 6.0 6,0 110
Kuhn Profile 6.1 DS Importado Vertical 6,1 Digital 7 - 120 dias Não Informado
Profile Automixer 6.1 DS 6,0
Profile Automixer 6.1 DS 6,1
Profile Automixer 6.1 DS 6,0
Profile Crossmix 2 CS 14,0 a 20,0
Euromix 1670 Horizontal 16,0
Euromix 2070 20,0
Euromix 2272 22,0
Euromix 870 8,0
Euromix 1070 10,0
Euromix 1272 12,0
Euromix 1670 16,0
Euromix 2070 20,0
Euromix 2270 22,0
RA Série 3100 Tombador 4,2 a 8,5
Série 4100 10,2 a 13,6
RA Série 100 10,2 a 12,0
RC Série 200 14,2 a 26,9
SPV Access Autopropelido 12,0 - 14,0 - 15,0
SPV Power 12,0 - 14,0 - 15,0 - 17,0
SPV Intense
SPW Intense 14,0 a 27,0
MFW Maquinas TRM Nacional Horizontal 4,0 - 6,0 - 8,0 - 10,0 - 15,0 - 20,0 - 27,0 Digital 40 - 100 dias 140 a 530
Vertical Mixer Vertical 3,5 - 5,0 - 7,0 - 12,0 120 a 180
Realmaq MTR 4.0 Nacional Tombador 4,0 Digital 90 Dias Não Informado
MTR 6.0 6,0
MTR 8.0 8,0
MTR 12.0 12,0
Realmix 2000 12,0
Realmix 4000 12,0
Realmix 6000 6,0
Realmix 8000 8,0
Realmix 12000 12,0
Multimix Plus Horizontal 4,0 - 6,0 - 8,0
Multimix 6.0 8,0
Multimix 8.0 6,0
Multimix 2.5 2,5
Siltomac S6.8-R Nacional Horizontal 6,8 Digital à pronta entrega 125
S11.3-R 11,3 188
S15.8-R 15,8 258
HS5-3 5,0 95
HS9-3 9,0 148
S20.5-R 13,0 428
S25.7-R 19,0 548
VA-10 Horizontal 10,5 205
VA-19 19,0 290
S-2.3 Tombador 2,3 60 dias 71
S-4.3 4,3 93
S-6.8 6,8 132
S-9.4 9,4 178
S-13.7 10,5 217
Storti Husky Importado Vertical 12,0 - 16,0 - 19,0 Digital 120 Dias 268 a 507
Dunker Vertical 8,0 - 10,0 - 12,0 208 a 224
Dunker T2 21,0 412
Dobermann 20,0 1,5 milhão

Preços (mil R$)**: preços coletados de 19/10/2020 a 23/10/2020, sujeitos a alterações.


Pagamentos

Na maioria das vezes, os pagamentos feitos à vista contam com 5% de desconto. Algumas marcas e revendedoras de implementos agropecuários aceitam o pagamento a prazo (entrada + parcelas) em cheques, boletos ou cartão de crédito e financiamentos: de fábrica, do banco de preferência ou BNDES.


BNDES Finame

Quem se enquadra nesse tipo de financiamento?

· Empresas sediadas no país;


· Fundações, associações e cooperativas;


· Entidades e órgãos públicos.


O que pode ser financiado?

Máquinas, equipamentos, bens de informática e automação e bens industrializados que sejam novos, de fabricação nacional e credenciados pelo BNDES. Também pode ser financiado capital de giro associado, para micro, pequenas e médias empresas (até 30% do valor financiado). 


Como solicito?

É necessário a presença em uma instituição financeira credenciada, com a especificação técnica do bem a ser financiado.


A instituição informará os documentos necessários, analisará a possibilidade de aprovação do crédito e negociará as garantias. Após aprovada, a operação será encaminhada para homologação e posterior liberação dos recursos pelo BNDES.


Considerações finais

No fornecimento da dieta, é recomendado que seja de dieta total para permitir estabilidade do ambiente ruminal e melhor aproveitamento da dieta.


Diversos tipos e modelos de vagões misturadores estão disponíveis no mercado com funcionamento adequado, desde que as recomendações de carregamento sejam obedecidas e a manutenção seja feita regularmente.


No fornecimento de rações uniformes haverá melhor eficiência alimentar, refletindo em um melhor desempenho animal.


A falta de homogeneidade da dieta causa prejuízos devido ao baixo desempenho dos animais e, em alguns casos, pode levar os bovinos a transtornos metabólicos (timpanismo, laminite, intoxicação e acidose).


Bibliografia consultada


Junior, J. R. C. 2018. Ordem de carregamento dos ingredientes e tempo de mistura sobre a homogeneidade da dieta de bovinos de corte confinados.


Kasburg, J. H. 2010. Conheça tudo sobre vagões misturadores.


Lopes, M. & Sampaio, A.A.M. 1999. Manual do confinador de bovinos de corte. Jaboticabal: FUNEP.


O banco nacioal do desenvolvimento – BNDES



<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>
Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos



TV Scot

Podcasts



Loja

Facebook