• Segunda-feira, 11 de dezembro de 2017
Scot Consultoria

O “líder imbatível” e suas quatro características


Quarta-feira, 14 de junho de 2017 - 13h50

-A +A

por Antonio Chaker Neto

Zootecnista e mestre em Produção Animal pela Universidade Estadual de Maringá. Consultor sênior com atuação em projetos de gestão pecuária. Coordenador do Integra - Instituto Terra de Métricas Agropecuárias.


Foto: www.coachreference.com.br


A atitude de líder mantém a equipe coesa e o plano em execução, porém, mais do que isso, ela gera lucro. Aliando a teoria à prática fui a fundo nesse tema. Após pesquisa em fontes teóricas sobre as características importantes do líder, busquei identificar aqueles projetos pecuários cujos líderes atendiam as características sugeridas pela literatura, em especial as do Instituto Brasileiro de Liderança. E encontrei vários deles. Em suma, são pessoas normais, como eu e você, mas que conseguem reunir, com equilíbrio, quatro características importantes que vou explicar nesse artigo. É uma lista que, quando somada, descreve o “líder imbatível”.


Para comprovar que a correta liderança traz lucro, trago alguns números. Por exemplo, nos projetos bem liderados, o cumprimento das tarefas mensais é superior a 80,0%. A rotatividade é inferior a 15,0%. A equipe é mais eficiente, pois nessas fazendas, a relação de cabeças por trabalhador é superior em 10,0%. Se na média pecuária dos projetos avaliados pelo Instituto Inttegra, temos um funcionário para 700 cabeças de boi, nas fazendas dos “líderes imbatíveis” esse indicador passa para 800 bois por pessoa. E o melhor: nesse grupo a produtividade aumenta, no mínimo, em 25% ao ano, ou seja, após quatro anos, o lucro dobra. É gente diferenciada mesmo! E dá para desenvolver essa liderança. Basta analisar quais pontos precisam ser melhorados em sua equação pessoal ou daquela pessoa que lhe representa.


Para entender a primeira característica, faça a pergunta: “De quem é a responsabilidade do lucro do negócio?”. Quando ouço a resposta: “minha”, do gerente ou proprietário, tenho a primeira confirmação de que ali há um candidato a bom líder. Fica nítida a “atitude de dono” quando a pessoa assume a responsabilidade do resultado, principalmente se for ruim. O bom líder tem o controle interno para não culpar as pessoas quando as coisas dão errado, mas busca o que ele poderia ter feito para dar condições e evitar o problema. Com isso, seu aspecto de dominância inspira a confiança e, consequentemente, o respeito. É aquele que chama para si a responsabilidade do pênalti em uma partida de futebol e, ninguém duvida do gol. Mais curioso ainda, é que quando repito a questão para seus subordinados, em diversos níveis, tenho a mesma resposta, “a responsabilidade do lucro é minha”. Percebe-se que o líder consegue incutir na equipe o papel de cada pelo projeto.


A segunda característica do “líder imbatível” está na capacidade de projetar a fazenda ao longo dos anos, ou seja, ter visão. Diferente do sonhador inconsequente, o líder sonha com os pés cravados no conhecimento. Um conhecimento baseado na visão macro de sua região e de seu negócio. Diferente de uma pessoa obtusa, ele sabe o contexto comercial local e também de outras praças; tem informações de questões técnicas de seu negócio, mas também está atualizado sobre a realidade de outras culturas. Preocupa-se com o lado ambiental, climático e ecológico. Em suma, entende que a fazenda é como um organismo vivo cujo negócio pode sofrer interferência de outras forças. E, como ele lê, convive e se informa, essas forças não o surpreenderão.  Em complemento, ele tem uma alma questionadora: “Como esse resultado poderia melhorar?” “Como posso fazer diferente?” Inquieto, persegue um processo de melhoria contínua para encontrar o que é mais rápido, mais lucrativo, mais fácil e mais interessante para que esse “organismo” siga crescendo.


Ainda no item visão, o responsável considera o impacto de cada decisão no todo. Líderes não departamentalizam a fazenda em nutrição, pastagem, confinamento, recria, mas consideram que todos os setores são interdependentes. Por mais que tenha sua preferência, o nosso líder não é apaixonado por uma determinada área, mas desenvolve uma visão distal, ou seja, longe de seu ponto de origem. Assim, ele pode prever que se fizer um investimento em nutrição isso irá refletir no boi mais gordo, como também na reprodução, armazenamento, aumento da despesa, maior número de cabeças no nascimento, etc.. Pensar a fazenda em setores isolados é um dos maiores erros dos líderes da pecuária atual.


Atitude para ir além da teoria


A terceira característica marcante do líder está em seu poder de transformação. O líder que não melhora a produção de sua fazenda não é pecuarista; ele é zelador!  Para a transformação é importante analisar as fraquezas, ou seja, desvantagens internas do negócio, e criar condições de melhora. De nada adianta ter dominância e visão, se não transformar a própria realidade.


Por fim, o quarto quesito de nosso “líder imbatível” está na capacidade de se conectar as pessoas e de tirar o que elas têm de melhor. Ele conhece seus liderados e de acordo com cada perfil. Sabe como conversar, convencer e como pode exigir. Geralmente, quem tem alta dominância, tem baixa conexão. É preciso atentar-se a isso. Quem consegue desenvolver a conexão faz com que as pessoas compartilhem de seu sonho e passem a lutar por ele. É claro que para isso é preciso idoneidade, respeito, coragem e clareza.


Uma das formas de criar a conexão está em praticar o “empoderamento”, ou seja, dar ao outro a oportunidade de lhe entregar as respostas. Também é importante incentivar os pensamentos e a construção conjunta. “O que você acha?” “Qual é a solução?” são exemplos de perguntas para criar a conexão. Eles são agregadores mesmo nos momentos de correção, pois o fazem de forma transparente, direta e respeitosa.


Essa pode ser a receita de um super-homem ou uma super-mulher, mas que aos poucos com autoconhecimento e treino podemos praticar e melhorar. Reflita em cada ponto e discuta com aqueles que trabalham com você. Melhore, sonhe, conheça, transforme, conecte-se e torne-se imbatível.


https://www.scotconsultoria.com.br/bancoImagensUP/170614-artigos-1.jpg

<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>

Buscar
Scot - Facebook Leite
 
Scot - Facebook Scot - Twitter Scot - Youtube Scot - Instagram Scot - Rss

>

Newsletter diárias

Receba nossos relatórios diários e gratuitos

TV Scot

Rádio Scot



Loja

Facebook



  • Copyright 2017, Scot Consultoria, Rua Coronel Conrado Caldeira, 578 – Bebedouro - SP - Brasil - 14701-000 | +55 17 3343 5111

Receba nossos relatórios diários e gratuitos