• Segunda-feira, 15 de julho de 2024
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

IGC vê estoques ainda curtos de milho e trigo


Terça-feira, 26 de março de 2013 - 15h04

Produção crescente, consumo firme e estoques maiores, mas ainda apertados. Esse é o cenário básico traçado pelo Conselho Internacional de Grãos (IGC) para os fundamentos globais de oferta e demanda de milho e trigo na safra 2013/2014, que começará a ser semeada no hemisfério norte nos próximos meses.


Grão mais produzido no mundo, o milho tende a apresentar um quadro mais favorável que o trigo, graças à recuperação da oferta, sobretudo nos EUA, onde as perdas foram grandes em 2012/2013 por conta da mais severa seca no país em mais de 50 anos. Conforme o IGC, a colheita global deverá alcançar 923,00 milhões de toneladas em 2013/2014, 8,6% mais que no ciclo anterior (850,00 milhões).


Redimensionado em 2012/2013 por causa da quebra americana, o consumo de milho também tende a crescer. Segundo o IGC, esse aumento será de 4,0%, para 902,00 milhões de toneladas. Os estoques mundiais de passagem, assim, poderão subir 18,4% e atingir 135,00 milhões de toneladas, nível ainda considerado baixo. Em 2009/2010, foram 145,00 milhões.


No quadro do trigo a "folga" tende a ser menor, em parte por causa da recuperação do milho, já que ambos "concorrem" em alguns mercados de alimentação humana e rações. O IGC estima que a produção somará 682,00 milhões de toneladas em 2013/2014, 4,0% acima do ciclo que já está na reta final. O consumo global deverá crescer menos (0,6%, para 681,00 milhões de toneladas), e os estoques tendem a ficar em 178,00 milhões de toneladas, 1,1% maiores que em 2012/2013, mas quase 10,0% menores que os do ciclo 2011/2012.


Fonte: Valor Econômico. Por Fernando Lopes. 25 de março de 2013.



<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>

Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja