• Segunda-feira, 15 de julho de 2024
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

China deve importar 4,0% a mais de soja em 2013/2014, prevê USDA


Quinta-feira, 14 de março de 2013 - 08h44

A importação de soja pela China no ano-safra 2013/2014 deve crescer 4,0%, para 65,50 milhões de toneladas, impulsionada pela forte demanda da indústria de processamento local e pela redução na produção chinesa, diz análise do escritório chinês do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA).


Em relatório divulgado na terça-feira (12/3), o escritório do USDA disse que a produção local deve cair 4,0% em 2013/2014, para 12,00 milhões de toneladas, com o governo incentivando os agricultores a plantar grãos mais rentáveis como milho e arroz.


Outra divulgação acrescenta que o crescimento da população e a dieta rica em grãos têm espremido a capacidade doméstica e criado a dependência da China por importações, especialmente dos EUA, Brasil e Argentina.


O USDA disse que o governo chinês deverá leiloar parte dos estoques antigos de soja, o que vai reduzir em 4,5% os estoques finais domésticos a 14,70 milhões de toneladas.


O USDA também relatou que a produção de soja na China vem se mantendo estável por vários anos, com exceção de 2009/2010 por problemas climáticos. Pequenos espaços para plantio, falta de técnicas agronômicas adequadas e acesso limitado aos melhores insumos permanecem como grandes impedimentos para o aumento da produção local.


Fonte: Suinocultura Industrial. Pela Redação. 13 de março de 2013.



<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>

Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja