• Segunda-feira, 22 de abril de 2024
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Precificação das opções de futuros (seguros de alta e baixa)


Segunda-feira, 25 de março de 2024 - 06h00


Na última semana falei sobre opções de boi gordo futuro (leia mais), e até trouxe duas estratégias com opções para estudarmos (até o momento em que escrevo as duas foram efetivas).


Como disse nos lembretes finais, traria em breve um artigo sobre a precificação das opções e aqui está.


Vamos lá...


Começando pelo básico: o que são opções?

Opções são contratos derivativos, ou seja, derivam (originam-se) de outro ativo. Por exemplo, o contrato de opções de boi gordo deriva do preço do contrato de boi gordo.


Como derivam do contrato futuro, possuem características padronizadas como: objeto de negociação, código, tamanho do contrato, data de vencimento etc.


Você pode acessar o site da B3 para conferir: ficha do produto | B3


Trazendo para o dia a dia, é como se fosse um “sinal” para assegurar/garantir um negócio. Muito comum em negociação de imóveis, o pretendente a comprador paga um “sinal” para o vendedor segurar a venda do imóvel com todos os dados pré-estabelecidos (valor do imóvel, data limite para pagamento, forma de pagamento, dados do imóvel etc.). Esse “sinal” compara-se a uma opção de compra (CALL).


Caso o comprador (titular) desista de comprar (ele tem o direito e não o dever) ele perde o prêmio pago.


Caso o preço do imóvel suba durante o período acordado e o comprador queira exercer o seu direito da opção de compra (CALL) pagando o valor acordado previamente, o vendedor é obrigado a vender pelo preço acordado, pois o vendedor recebeu o “prêmio” antecipado com a obrigação de entregar em caso de o comprador exercer o seu direito.


O “sinal” deriva do preço do imóvel: se a opção é de compra e o preço do imóvel se valoriza, logo a opção de compra deste imóvel também deve se valorizar (pois uma deriva do outro). Da mesma forma que se o preço do imóvel se desvaloriza, esse “prêmio” também perde valor.


Existem dois tipos de opções: CALL (opções de compra ou seguro de alta) e PUT (opção de venda ou seguro de queda).


Ok! Entendi o que são opções..., Mas como elas são precificadas?


Resumidamente podemos ver na figura 1. 


Figura 1.
Resumo do funcionamento da precificação das opções.


O que então pode alterar a precificação das opções?

Segundo o modelo Black & Scholes de precificação (o mais conhecido e utilizado no mercado), segue as variáveis abaixo:


Figura 2.
Variavéis que alteram a preficiação das opções.

Elaborado por: Raphael Galo | Terra Investimentos.


Sabendo das informações acima, fica mais fácil identificar alguns cenários e a melhor hora para montar estratégias.


Figura 3.
Simulação de estratégia no mercado futuro.

Fonte: Brodcast / Elaborado por Raphael Galo.


Existem diversas estratégias em que o pecuarista pode utilizar as opções como ferramenta de gestão!


É sempre bom lembrar... tão importante quanto identificar a tendência é executar no tempo certo para colher o melhor resultado da estratégia! Lembrando que ninguém tem bola de cristal.



<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>
Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja