• Sexta-feira, 1 de julho de 2022
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Boi gordo: calmaria no mercado paulista


Terça-feira, 7 de dezembro de 2021 - 05h30

Foto: Confina Brasil


A semana abriu com grande parte das indústrias analisando o mercado para definir o patamar de preços a serem praticados. Apesar disso, alguns compradores começaram a pressionar as cotações para baixo. 


Na comparação feita dia a dia, a referência para o boi, vaca e novilha gordos ficou estável.


No Norte de Minas Gerais, com a oferta de animais terminados escassa, a cotação do boi gordo subiu R$2,00/@, a da vaca gorda R$3,00/@ e da novilha gorda R$5,00/@, na comparação feita dia a dia.


Na região de Cuiabá - MT, as escalas de abate confortáveis e o menor empenho dos compradores pressionaram as cotações do boi gordo e da vaca gorda, registrando queda de R$1,00/@ na comparação diária. A cotação da novilha ficou estável.


Exportação de carne bovina in natura

Em novembro, foram exportadas 81,2 mil toneladas de carne bovina in natura, com um faturamento de 399,6 milhões de dólares. O volume foi 1,2% menor que o mês anterior e o pior desempenho desde junho de 2018.


Análise originalmente publicada no informativo Tem Boi na Linha de 6/12/2021.



<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>

Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja

Facebook