• Quinta-feira, 15 de abril de 2021
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Maranhão: queda no poder de compra do recriador


Quinta-feira, 6 de junho de 2019 - 05h50

Foto: Scot Consultoria


O mercado de reposição está aquecido no Maranhão. Com a desova de final de safra se intensificando, há maior procura por parte dos recriadores e invernistas pela troca, principalmente pelas categorias mais jovens no estado. 


Esta maior demanda valorizou os animais mais jovens no estado. Do início do ano até aqui, tanto o bezerro de ano (7,5@), como o de desmama (6@) tiveram as maiores altas entre todas as categorias de machos anelorados, 10,5% e 15,9%, respectivamente.


Vale destacar que as categorias mais eradas, apesar de menores, também tiveram valorizações no mesmo período. A cotação do boi magro (12@) subiu 10,1% enquanto a do garrote (9,5@) 8,4%. 


Já no mercado do boi gordo, o preço aumentou desde o início do ano (6,6%), porém, em patamares menores do que a reposição. Com isso o poder de compra do recriador e invernista diminuiu frente todas as categorias. 


O bezerro de desmama registrou a pior relação de troca para o recriador. Em janeiro com a venda de um boi gordo com 18@ compravam-se 2,35 bezerros de desmama. Atualmente com essa mesma relação compram-se 2,16 bezerros, ou seja, queda de 8,0% no poder de compra. 


Para o curto prazo, a demanda pelas categorias de reposição tende a se manter aquecida, garantindo firmeza para as cotações.



<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>

Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos



TV Scot

Podcasts



Loja

Facebook