• Quarta-feira, 19 de janeiro de 2022
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Mercado de carne bovina firme na segunda quinzena do mês


Segunda-feira, 22 de abril de 2013 - 09h46

Apesar do período do mês, típico de redução nas vendas de carne bovina, os preços no mercado atacadista se mantiveram sustentados na última semana.


No acumulado do período, embora pouco expressivo, houve reajuste médio de 0,6% nos preços dos cortes.


O comportamento de alta para a arroba do boi gordo, com registro de frigoríficos pagando valores acima de R$100,00 em São Paulo durante a semana, faz as indústrias resistirem em reduzir as cotações da carne bovina.


As margens seguem sem força para melhorias e estão no patamar de 20,0% desde o final de março. Há um ano o frigorífico, vendendo a carne desossada, mais subprodutos, couro, sebo e miúdos, obtinha margem de comercialização de 23,0%.


Além do boi gordo cotado em valor 3,1% menor que o atual, a carne bovina sem osso era comercializada a preços 1,0% acima, no mesmo período de abril de 2012.


As escalas de abate curtas reduzem a oferta de carne e também ajudam a ajustar o mercado atacadista.



<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>

Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja

Facebook