• Domingo, 26 de junho de 2022
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Milho e soja: preços firmes no Brasil, aponta Fabbri


Sexta-feira, 17 de dezembro de 2021 - 16h00

Foto: Larissa Schäfer/Destaque Rural


Mesmo com o fim da colheita norte-americana e plantio em bom ritmo no Brasil, o cenário é de preços firmes para as duas commodities no mercado interno. Este cenário se mantém devido ao “dólar e as preocupações com o clima na região Sul, no desenvolvimento das lavouras de primeira safra de milho”, explica o analista de mercado da Scot Consultoria, Felipe Fabbri.


Para a soja, a alta foi mais comedida frente ao milho, puxada, principalmente, pelo câmbio. “Tendo os movimentos de alta limitados em função da maior disponibilidade internacional e seus estoques no Brasil mais tranquilos, o preço em Paranaguá/PR subiu 2,1% no acumulado de dezembro, negociada a R$170,00/saca”, informa.


Para o milho, além do câmbio, as condições das lavouras no Sul do país e “o mercado já de olho nos estoques de passagem mais baixos na atual temporada, levaram a forte alta nas cotações (+8,1%), negociado a R$93,00/saca em Campinas/SP”, conclui Fabbri.


Matéria originalmente publicada em: Milho e soja: preços firmes no Brasil, aponta Fabbri



<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>
Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja

Facebook