• Domingo, 14 de agosto de 2022
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Farelo de soja exerce pouca pressão nos custos da pecuária


Segunda-feira, 2 de janeiro de 2012 - 08h46

O preço médio do farelo de soja em 2011 ficou praticamente estável no mercado interno em relação ao registrado em 2010, segundo levantamento da Scot Consultoria. O preço médio da proteína em 2011 ficou em R$683 a tonelada, ante as R$681 da média de 2010, o que significa que houve pouca pressão do insumo no aumento do custo de produção da pecuária. O preço médio dos demais farelos e do caroço de algodão, igualmente usados na composição a ração bovina, também não teve grandes alterações, segundo relatório da Scot. Ainda de acordo com a consultoria, o consumo interno de farelo de soja cresceu 6,5% em 2011, na mesma proporção do aumento da produção nacional, que também avançou 6,5%. Já as exportações brasileiras da proteína cresceram 6,8% no ano. Fonte: Valor Econômico. Agronegócios. Por Fabiana Batista. 2 de janeiro de 2011.
<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>
Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja

Facebook