• Quarta-feira, 29 de junho de 2022
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Pecuária leiteira: mercado firme neste começo de ano


Quinta-feira, 3 de março de 2011 - 18h03

Apesar da valorização, aumento dos custos ainda preocupa produtor. De acordo com levantamento da Scot Consultoria, considerando a média nacional, o pecuarista recebeu R$0,742/litro no pagamento de fevereiro, que remunera a produção de janeiro. Alta de 2,1% em relação ao pagamento anterior. Levando em conta os valores deflacionados, o produtor está recebendo 5,8% a mais pelo leite, na comparação com o mesmo período do ano passado. Do mesmo modo, os custos de produção aumentaram, mas em um ritmo maior. O Índice Scot, que mede a variação de preço dos principais itens que compõem os custos da atividade, subiu 40% em relação a fevereiro de 2010. A expectativa em curto prazo é de manutenção de preços no Centro-Sul do país. Os custos em alta, especialmente com a alimentação, diminuem os investimentos na atividade e refletem diretamente na produção de leite. Em MG pecuaristas reclamam do alto custo de produção Em Minas Gerais o preço do litro de leite está sendo negociado por R$0,72 em média. Apesar da valorização do leite, os produtores de leite afirmam que está difícil manter o lucro. De acordo com os pecuaristas, desde novembro de 2010, o litro do leite aumentou 28%, mas o valor está abaixo do custo de produção, que fica em torno de R$0,80. O custo elevado tem como principal fator a alta da ração do milho e da soja, base da alimentação das vacas. Fonte: Globo Rural. 3 de março de 2011.
<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>
Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja

Facebook