• Sexta-feira, 20 de maio de 2022
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Scot Consultoria participa do projeto Universidade Aberta


Segunda-feira, 20 de outubro de 2008 - 17h03

Durante a Expoinel 2008, a Universidade do Boi e da Carne realizou a segunda edição do Projeto Universidade Aberta que contou com a participação de cerca de 200 alunos, entre estudantes das Faculdades Associadas de Uberaba - FAZU, da Universidade de Uberaba - Uniube, visitantes e expositores. Os participantes assistiram três palestras que abordaram aspectos importantes de um sistema de produção, com temas próximos da realidade, de uma maneira prática e mostrando resultados aplicáveis. Robison Carrera, zootecnista da Riviera Tecnologia para Pecuária, apresentou um novo sistema de identificação e controle de rebanhos bovinos, que consiste na aplicação via oral de bolus intra-ruminal de cerâmica que permanece no segundo estômago do animal durante toda a sua vida. Dentro do bolus há um microchip onde ficam armazenadas todas as informações do animal. O sistema agrega rapidez, confiabilidade de dados, economia de tempo e lucro, pois agiliza qualquer tipo de manejo. Outra vantagem do sistema é que após o abate, o bolus pode ser utilizado em outro animal, sem perder as informações antes armazenadas. Para Carrera, o Projeto Universidade Aberta é uma excelente oportunidade para mostrar ao público as ferramentas novas que estão sendo utilizadas no mercado. Outro tema abordado foi a importância do bem estar animal na qualidade da carne. A pecuarista e mestre em genética animal Ana Lúcia Garcia Spinorelli, do Grupo Etco (Grupo de Estudos e Pesquisa em Etologia e Ecologia Animal), ressaltou a importância do conhecimento sobre o comportamento animal para fazer um manejo coerente e que surta resultados eficientes. “É um assunto de extrema importância, pois o bem-estar animal além de ser pré-requisito para a exportação, reflete em benefícios econômicos no dia a dia das fazendas que o utilizam”, ressaltou. Na palestra de Fabiano Tito Rosa, zootecnista e consultor da Scot Consultoria, foram abordadas questões de mercado para mostrar em que fase do ciclo pecuário a atividade se encontra e as expectativas futuras. Tito Rosa mostrou que os preços pecuários reagiram muito ao longo dos últimos anos, em função da diminuição da oferta de gado. O abate de matrizes, a redução de investimentos entre 2002 e 2006, o aumento do consumo de carne bovina, em nível mundial e a ampliação da capacidade de abate das indústrias frigoríficas contribuíram para a valorização dos produtos pecuários. Ele também alertou sobre a importância de se aplicar tecnologia. “É preciso aumentar a escala de produção para compensar as margens reduzidas que normalmente são obtidas com a produção de commodities, assim como contrapor os efeitos da desvalorização da arroba, diluir custos fixos e variáveis indiretos e, por fim, atender as exigências de mercado em termos de qualidade”, afirmou. Para o coordenador da Universidade do Boi e da Carne Lucas Ferriani, “A segunda edição do projeto Universidade Aberta foi uma excelente oportunidade para os visitantes da 37ª Expoinel, pois, além de contarmos com especialistas nas palestras, os temas abordados são de suma importância para o momento atual da pecuária. Cabe ressaltar também a importância de um projeto como esse que levou palestras de excelente nível técnico, de forma gratuita, para a feira onde foi lançada há dois anos, a Universidade do Boi e da Carne." Conheça mais sobre o projeto Universidade Aberta e veja as entrevistas com os palestrantes do encontro em http://br.youtube.com/watch?v=MOXd5WJc8_Q Fonte: Assessoria de comunicação da ACNB e Scot Consultoria. 20 de outubro de 2008.
<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>
Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja

Facebook