• Sábado, 13 de julho de 2024
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Junho, primeiro mês do inverno


Sábado, 1 de junho de 2024 - 06h00

Foto: Yandex


As ondas de frio, estiagem e clima seco já começaram em grande parte do território brasileiro, evidenciando as características de inverno. Entretanto, a estação começará oficialmente em 21 de junho.


Ainda não é possível determinar a intensidade da onda fria que chegará aos estados brasileiros, mas espera-se, por ser um ano de La Niña, um inverno com temperaturas mais baixas – em comparação com 2023.


Durante a estação (jun-ago), os estados que mais sentirão seus efeitos estão no Centro-Sul do Brasil, especialmente Rio Grande do Sul, Santa Catarina e áreas serranas do Sudeste, com temperaturas abaixo de 22,5°C. A partir do Centro-Norte brasileiro, as temperaturas devem marcar acima de 25,0°C, com maior restrição de chuvas e baixa umidade relativa do ar, caracterizando o período seco do ano.


Previsão do tempo para junho

Espera-se que o mês apresente variação significativa na temperatura e na quantidade de chuva esperada nas diferentes regiões do país.


Na região Norte do Brasil, especialmente no Amazonas e Pará, espera-se acumulados de até 400mm. O litoral nordestino também deve registrar níveis significativos de precipitação, embora em menor intensidade, com volumes variando entre 100mm e 300mm.


No Sul do Brasil, o Rio Grande do Sul se destaca com precipitações variáveis, entre 50mm e 150mm e regiões específicas podendo atingir até 200mm durante o mês. Da região Sul, as localidades mais propensas a receberem maiores volumes de chuva se iniciam no Sul do Paraná, passando pelo Oeste de Santa Catarina e todo o estado do Rio Grande do Sul.


Em contraste com outras regiões do país, o Centro-Oeste e a maior parte do Sudeste deverão apresentar baixos índices pluviométricos, com a maioria das áreas registrando acumulados de chuva inferiores a 50mm durante o período.


A anomalia de precipitação (figura 2) reafirma a previsão de um mês com chuvas mais moderadas na maior parte do Brasil. Algumas regiões apresentam anomalias positivas (10 a 75mm), sugerindo precipitação acima da média, particularmente no litoral nordestino e em estados do Norte. No entanto, algumas regiões do Centro-Oeste, Sudeste e partes do Sul mostram anomalias negativas, indicando precipitação abaixo da média esperada (-10mm).


Quanto à temperatura, a expectativa é de que a média para o mês fique em 22,5ºC. A região Centro-Sul deverá registrar temperaturas abaixo dessa média, enquanto o Centro-Norte ficará acima. Essa temperatura é, em média, 1,5ºC superior à normalidade para o período.


Figura 1.
Previsão de precipitação acumulada para junho de 2024, em mm.

Fonte: INMET


Figura 2.
Anomalia de precipitação para junho de 2024, em mm.

Fonte: INMET


Figura 3. Prognóstico de temperatura para junho de 2024, em ºC.

Fonte: INMET 


Figura 4. Anomalia de temperatura para junho de 2024, em ºC.
 
Fonte: INMET



<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>

Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja