• Domingo, 26 de junho de 2022
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

A porção Centro-Norte brasileira deverá ter maior volumes de chuvas no curto prazo


Terça-feira, 22 de fevereiro de 2022 - 16h00

No acumulado de fevereiro (até dia 16), as chuvas têm sido maiores em pontos isolados do Espírito Santo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Rondônia, Pará e Amazonas. Nesses locais, os volumes atingiram entre 200 e 500 milímetros. 


A situação mais crítica ocorre nos estados de Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, oeste da Bahia, sul e oeste de Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, em que os volumes se limitaram, até o momento, aos 50 milímetros. Veja na figura 1


Para a semana que segue (17 a 25 de fevereiro), as chuvas deverão se concentrar no Centro-Norte brasileiro. No Sul do país, o estado de Santa Catarina pode apresentar volumes maiores (até 100 mm), mas Paraná, Rio Grande do Sul e sul do Mato Grosso do Sul devem seguir com precipitações limitadas, até 20 milímetros (figura 2). 


Já na semana conseguinte, volumes maiores deverão atingir os estados de Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Roraima e Amazonas, de 70 a 250 milímetros. É esperado um volume, ainda baixo, mas que pode auxiliar no plantio da safra de inverno no Sul do país, chegando em até 50 milímetros no período.


Figura 1. Volume de chuvas no acumulado de fevereiro/22 (até dia 16), em milímetros.

Fonte: INPE / CPTEC


Figura 2. Previsão de precipitação para 17 a 25 de fevereiro, em milímetros.

Fonte: COLA


Figura 3. Previsão de precipitação para 25 de fevereiro a 5 de março, em milímetros.

Fonte: COLA



Próxima Notícia >>

Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja

Facebook