• Sexta-feira, 5 de março de 2021
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Chuvas diminuíram em abril


Quinta-feira, 16 de abril de 2020 - 15h00

Até o dia 12 de abril, em boa parte das regiões Sul, Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste do país o volume acumulado de chuvas ficou entre 25 e 100 milímetros. 


Na região Norte, os volumes foram maiores, chegando a 200-250 milímetros no mesmo período. 


Destacamos também o norte de Mato Grosso, o sul da Bahia e o sul de Mato Grosso do Sul, com precipitações de até 150-250 milímetros no acumulado deste mês. Veja a figura 1.


Observe a figura 2. Nas áreas em amarelo e bege, que incluem boa parte do Sul do país, além de São Paulo e estados das regiões Centro-Oeste e Nordeste, o volume foi menor comparativamente com a média histórica para esse período. 


O déficit variou entre 25 e 50 milímetros frente a normal climatológica. 


Já na região Norte, também no norte de Mato Grosso, em Minas Gerais, Espírito Santo e Rio de Janeiro as chuvas foram entre 25 e 50 milímetros acima da média histórica, o que deverá beneficiar o milho nas regiões de produção de segunda safra.


Para meados de abril, a previsão é de chuvas fortes nas regiões Norte, Centro-Oeste e Nordeste do Brasil. Entre os dias 16/4 e 24/4, poderá chover até 150-200 milímetros em alguns municípios nestas regiões. 


Para os estados do Sul do país, não estão previstas chuvas em curto prazo. 


Para a região Sudeste, a previsão aponta para chuvas de até 50 milímetros mais ao norte de Minas Gerais. 


Já em São Paulo e Mato Grosso do Sul, por exemplo, os volumes não deverão ultrapassar os 20-25 milímetros até o dia 24/4. Veja a figura 3.




Próxima Notícia >>