• Segunda-feira, 27 de junho de 2022
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Choveu menos em março no Brasil Central


Quinta-feira, 31 de março de 2016 - 10h00

As chuvas diminuíram em março no Brasil Central e região Sudeste.


Para uma comparação, em fevereiro deste ano, choveu entre 100 e 250 milímetros no Centro-Oeste do país.


Em março, em boa parte desta região, as chuvas não ultrapassaram os 150 milímetros no acumulado até o dia 31. No Sul de Mato Grosso do Sul choveu entre 25 e 50 milímetros neste período.


No Sul do país, choveu forte no Leste do Rio Grande do Sul e Leste de Santa Catarina, com volumes de até 250-300 milímetros no acumulado de março.


Destacamos a faixa em vermelho na figura 1, que abrange o Norte de Minas Gerais e quase todo o estado da Bahia, com chuvas que não ultrapassaram os 50 milímetros até o dia 30 de março.



Observe na figura 2 que em parte das regiões Centro-Oeste e Sudeste, além do Nordeste, as chuvas ficaram aquém da normal climatológica em março. O déficit variou de 25 a 50 milímetros em relação à média histórica nas áreas em amarelo e bege.



Por outro lado, choveu até 50 milímetros acima da normal climatológica no Triângulo Mineiro, Sul de Minas, Norte do estado de São Paulo e Nordeste de Mato Grosso.


No Rio Grande do Sul e Santa Catarina choveu até 100 milímetros acima da média.


A previsão para o começo de abril é de chuvas de até 20 milímetros em grande parte do país (áreas em azul na figura 3).


Por outro lado, deve chover forte na região Norte do Brasil e extremo Sul, com volumes de até 100-150 milímetros no acumulado neste período.




Próxima Notícia >>
Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja

Facebook