• Segunda-feira, 15 de agosto de 2022
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Austrália rejeita proteger floresta por motivos econômicos na Tasmânia


Quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013 - 18h18

Economista, cursando doutorado na London School of Economics and Political Science.


A Austrália rejeitou sexta-feira (dia 8) um pedido de classificação na lista nacional de sítios protegidos da floresta de Tarkine, na ilha de Tasmânia, no sul, uma região da indústria mineradora vital para o emprego local.


Uma classificação dos 400,0 mil hectares da floresta na lista nacional de sítios naturais, históricos e indígenas "de grande valor para o patrimônio nacional australiano" teria praticamente impossibilitado qualquer atividade de mineração.


Mas a "Tasmânia tem a maior taxa de desemprego da Austrália e esta região (Tarkine) tem a maior taxa de desemprego da Tasmânia", justificou o ministro do Meio Ambiente, Tony Burke, em um comunicado.


"Sinceramente, não encontrei uma forma de reconhecer o valor patrimonial (da floresta) e garantir um equilíbrio" entre os imperativos ambientais e econômicos, disse. No entanto, os sítios aborígenes serão protegidos.



<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>

Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja

Facebook