• Sábado, 13 de agosto de 2022
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Mercado - insumos


Quarta-feira, 23 de junho de 2010 - 16h57

HORMÔNIOS E MATERIAIS PARA A INSEMINAÇÃO Mercado lento. Com pouca movimentação junto a fornecedores e demanda fraca, há poucas mudanças de preços dos produtos e materiais para inseminação. As revendas de insumos para reprodução, de maneira geral, não trabalham com estoques entre as estações de monta. Isto, devido ao custo de manutenção e vendas concentradas próximas ao período de monta. Com o aumento de movimentação no mercado, os ajustes de preços devem ocorrer quando os estoques forem repostos. São esperados aumentos nas vendas para os próximos meses, com a aproximação das atividades de manejo reprodutivo, que se iniciam entre outubro e novembro. Os mercados do boi gordo e da reposição trabalham em ambiente firme, o que pode influenciar os níveis de investimento em cria como, por exemplo, a IATF (inseminação artificial em tempo fixo). Como parte dos hormônios e materiais para inseminação é importada, tem seus preços influenciados pelo dólar. As expectativas do Banco Central para o câmbio no final de 2010 giram ao redor de R$1,80. A média de setembro de 2009, na entrada da estação de monta, foi de R$1,82. Com isto, o fator câmbio não deve interferir na variação de negócios em relação a 2009. As expectativas são de uma boa estação para o setor.
<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>
Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja

Facebook