• Sábado, 25 de junho de 2022
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Atacado e varejo


Sexta-feira, 14 de maio de 2010 - 14h55

A queda na demanda tirou a sustentação dos preços no mercado atacadista de carne bovina sem osso em São Paulo. Com o mercado do boi gordo trabalhando em baixa no estado, em decorrência do ligeiro aumento na oferta de animais para abate, a pressão sobre o atacado diminuiu, o que permitiu aos frigoríficos acompanharem essa variação negativa. A desvalorização média foi de 0,5%, pequena. O melhor período de venda de carne ficou para trás, não estão descartadas novas quedas em maio. No mercado varejista de São Paulo os preços subiram 2%, aliás, a única praça onde os preços apresentaram alta. No Paraná e em Minas Gerais os preços ficaram estáveis e no Rio de Janeiro caíram 2%.
<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>
Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja

Facebook