• Sexta-feira, 23 de julho de 2021
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Mercado do milho e soja


Quarta-feira, 21 de junho de 2006 - 21h00

MILHO O avanço da colheita do milho safrinha tem deixado o mercado mais pressionado. Com o aumento gradativo da oferta e o ânimo não muito grande para as compras, a sustentação dos preços fica ameaçada. Entretanto as ferramentas para escoamento da produção (Prêmio de Escoamento de Produto - PEP e Prêmio de Risco de Opção Privada - Prop) auxiliam na sustentação do mercado, especialmente no Centro-Oeste. A Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) comercializou cerca de 900 mil toneladas utilizando as ferramentas. Mas os estoques do produto seguem relativamente altos. Em maio de 2006, os grãos estocados em poder público somaram 713,7 mil toneladas, enquanto no mesmo período do ano passado chegaram a 121,1 mil toneladas. O volume estocado, considerando ainda os dados da Conab, representa cerca de 2% do que foi colhido na última safra. Vale lembrar que, na safra passada, o milho safrinha (cuja colheita desta safra está no início) representou cerca de 22% do total produzido. Portanto, com o avanço da colheita, o milho safrinha pode se tornar representativo para o aumento dos estoques, caso a comercialização permaneça lenta. SOJA O ritmo de comercialização da soja aumentou um pouco em relação às semanas anteriores. Estima-se que cerca de 70% da safra brasileira já tenha destino garantido. O destaque é para o Mato Grosso, Goiás e Maranhão, com cerca de 80% da safra comercializada. No Sudeste, a taxa negociada está em torno de 66%, e é no Sul onde se tem o menor nível. Paraná e Santa Catarina comercializaram 45% da produção, enquanto o Rio Grande do Sul, 36%. As exportações de soja, incluindo grão, óleos e farelos, aumentaram em maio, de acordo com informações do Ministério de Desenvolvimento Indústria e Comércio Exterior (MDIC). Foram cerca de 3,27 milhões de toneladas, aumento de 8,1% em relação ao mês anterior. Comparando com o mesmo período de 2005, a exportação total cresceu mais de 30%. Mas ressalvas devem ser feitas em relação a esse crescimento. O volume exportado oscila muito de um mês para o outro. Para se ter uma idéia, somente de maio para junho de 2005 as exportações cresceram 30,21%. A soja em grão deteve a maior parcela das exportações, cerca de 95% em volume e aproximadamente 93% em faturamento, em maio de 2006.


O Confina Brasil, expedição que promove o levantamento de dados da pecuária intensiva, já está na estrada. A meta em 2021 é mapear 40% do gado confinado no país. Siga o @confinabrasil no Instagram e acesse confinabrasil.com para acompanhar a expedição.


<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>