• Segunda-feira, 15 de julho de 2024
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Maior oferta de milho em 2011/2012


Quinta-feira, 15 de dezembro de 2011 - 16h50

Segundo o terceiro levantamento de acompanhamento da safra de grãos da Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB), a produção brasileira deve ser de 159,07 milhões de toneladas em 2011/2012, frente a 162,95 milhões de toneladas em 2010/2011. Em relação à safra passada a expectativa é de uma redução de 12,4% na produção de arroz e queda de 7,5% na produção de feijão. Para o trigo, a CONAB aponta para uma safra 8,0% menor, na comparação com 2010/2011. A produção de milho deve crescer 4,9%. A estimativa é de que o país colha 60,31 milhões de toneladas em 2011/2012, frente a 57,51 milhões na temporada anterior. A área com a cultura aumentou 6,2% no Brasil, na comparação com 2010/2011. No Paraná a área de milho cresceu 5,8% e em Goiás o aumento foi de 15,8%. Para a soja, apesar do ligeiro incremento (0,7%) na área plantada em 2011/2012, a CONAB estima uma produção menor. O país deve colher 71,28 milhões de toneladas do grão, frente a 75,32 milhões em 2010/2011. USDA: MAIOR OFERTA, MAS DEMANDA SERÁ MAIOR No relatório de dezembro, o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA, sigla em inglês) aumentou a expectativa com relação à oferta mundial de milho em 2011/2012. A estimativa é de uma produção de 867,52 milhões de toneladas, frente a 858,99 milhões previstas anteriormente. Em 2010/2011 a produção mundial ficou em 827,56 milhões de toneladas. Do lado da demanda, a expectativa é de que sejam consumidas 868,61 milhões de toneladas de milho na temporada. Isto significa um crescimento de 0,2% em relação ao estimado no relatório anterior (novembro). Na comparação com 2010/2011, a demanda pelo grão aumentará 3,0%. Com isso, os estoques finais para a safra 2011/2012 são estimados em 127,19 milhões de toneladas. Este valor é 0,8% menor que o verificado na temporada anterior, quando os estoques ficaram em 128,27 milhões de toneladas. Para o Brasil, o USDA estima uma produção de 61 milhões de toneladas de milho. Não houve alteração em relação aos números do relatório de novembro.
<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>
Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja