• Sábado, 28 de maio de 2022
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Mercado do boi gordo morno


Quinta-feira, 4 de novembro de 2021 - 05h40

Foto: Confina Brasil


Com consumo patinando no mercado doméstico e um cenário de oferta de animais relativamente confortável nos últimos dias, os compradores continuaram exercendo pressão de baixa nos preços da arroba em São Paulo.


Em relação à última segunda-feira (1/11), a cotação da vaca e novilha gordas recuou R$2,00/@, negociadas em R$250,00/@ e R$258,00/@, respectivamente, preços brutos e a prazo. Por sua vez, o boi gordo ficou estável em R$262,00/@, nas mesmas condições.


No sul do Tocantins, o ritmo lento no mercado interno manteve os preços da arroba pressionados. Queda de R$5,00/@ para o boi gordo e de R$4,00/@ para a vaca e novilha gordas, na comparação feita dia a dia.


Com isso, o boi gordo foi negociado em R$255,00/@, enquanto a vaca e novilha gordas foram negociadas em R$248,00/@, preços brutos e a prazo.


Na região de Belo Horizonte, com um dia a menos de abate nesta semana e a dificuldade em alongar as programações de abate, as indústrias ofertaram R$3,00/@ a mais para o boi gordo e R$2,00/@ para a vaca e novilha gordas.


A referência do boi, vaca e novilha gordos ficaram, respectivamente, em R$258,00/@, R$247,00/@ e R$249,00/@, preços brutos e a prazo.


Análise originalmente publicada no informativo Tem Boi na Linha de 3/11/2021.



<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>

Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja

Facebook