• Quinta-feira, 20 de janeiro de 2022
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Fim de outubro com mercado do boi gordo calmo


Segunda-feira, 1 de novembro de 2021 - 05h30

Foto: Scot Consultoria


Cenário calmo com poucos negócios concretizados nas praças paulistas na manhã de sexta-feira (29/10), uma vez que as escalas de abate de grande parte dos frigoríficos estão completas para a semana. Nossas referências de preços ficaram estáveis no comparativo feito dia a dia.


O boi gordo, negociado em R$262,00/@, preço bruto e a prazo, teve uma retração de R$31,00/@, ou 10,6%, desde o início do mês. A cotação da vaca gorda teve uma redução de R$25,00/@, ou 9,0%, no mesmo período e ficou precificada em R$252,00/@. A novilha gorda foi negociada por R$262,00/@, com recuo de R$31,00/@, ou 10,6%.


No sul de Goiás, recuo de R$3,00/@ para o boi gordo na comparação diária e preços estáveis para as fêmeas. Com o reajuste, o boi gordo foi negociado em R$244,00/@, preço bruto e a prazo, R$243,50/@, preço com o desconto do Senar e R$240,50/@ livre de Senar e Funrural.


Em Rondônia, as cotações das vacas e novilhas gordas caíram R$3,00/@ e foram negociadas em R$247,00/@, preço bruto e a prazo. Sem alteração para o preço do boi gordo, que foi negociado por R$257,00 /@, nas mesmas condições.


Análise originalmente publicada no informativo Tem Boi na Linha de 29/10/2021. 



<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>

Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja

Facebook