• Sábado, 24 de julho de 2021
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Altas nos preços no mercado do boi gordo


Quarta-feira, 2 de junho de 2021 - 06h00

Foto: Scot Consultoria


Em São Paulo, a oferta enxuta de boiadas, reflexo da entressafra, somado à semana mais curta com o feriado nacional de Corpus Christi na quinta-feira (3/6), levou as indústrias frigoríficas a ofertarem R$2,00/@ a mais para o boi e vaca gordos na última terça-feira (1/6), em relação ao dia anterior.


Com isso, o boi e vaca gordos foram negociados, respectivamente, em R$312,00/@ e R$289,00/@, preços brutos e a prazo. O preço da novilha está estável, cotada em R$301,00/@, nas mesmas condições, segundo levantamento da Scot Consultoria.


O ágio do boi gordo destinado ao mercado externo pode chegar a R$5,00/@.


No Noroeste do Paraná, o cenário foi o mesmo, com os compradores ofertando mais para o boi, vaca e novilha gordos, com alta de R$3,00/@, R$2,00/@ e R$1,00/@, respectivamente.


Em Minas Gerais, na região do Triângulo Mineiro, a oferta de gado também está curta, refletindo em alta nos preços das três categorias. Os preços do boi e da vaca gordos subiram R$2,00/@, enquanto o da novilha teve alta de R$1,00/@.


Análise originalmente publicada no informativo Tem Boi na Linha de 1/6/2021.





O Confina Brasil, expedição que promove o levantamento de dados da pecuária intensiva, já está na estrada. A meta em 2021 é mapear 40% do gado confinado no país. Siga o @confinabrasil no Instagram e acesse confinabrasil.com para acompanhar a expedição.


<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>