• Segunda-feira, 24 de janeiro de 2022
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

DDG e WDG: fonte de energia e proteína com a melhor relação custo/benefício


Sexta-feira, 7 de maio de 2021 - 12h00

Foto: Scot Consultoria


O DDG (Dried Distillers Grains - Grãos Secos de Destilaria) e WDG (Wet Distillers Grain - Grãos Úmidos de Destilaria), são coprodutos das usinas de etanol de milho e ganharam espaço na nutrição animal, na composição de dietas para bovinos, suínos e aves entre outros, em função da melhor relação custo/benefício da proteína. 


Esses coprodutos, utilizados principalmente como fontes de proteínas, destacam-se também como fonte de energia, e quando incluídos na dieta, agregam maior nível de energia que o próprio milho misturado com caroço de algodão e farelo de soja. 


O nível de inclusão dos coprodutos dependerá dos preços de mercado e do tipo de dieta estabelecida: se entrará como proteico, substituindo o farelo de soja ou farelo de algodão, ou se entrará na dieta como proteico-energético, substituindo o próprio milho grão.


Como são produzidos?

Para cada tonelada de milho processada são produzidos entre 230kg e 250kg de DDG, variando de usina para usina e do processo utilizado para extração.


Basicamente, existem dois tipos de processamento do milho para produção de etanol: o convencional e o com extração da fibra antes da fermentação. 


O processamento convencional tem início com a moagem do milho que, após cozido, segue para a etapa de fermentação e destilação, originando o etanol. Do resíduo da fermentação e destilação são produzidos três outros produtos: óleo, solúveis e o WDG. 


Os solúveis podem ou não ser incorporados ao WDG e, ao acrescentá-los, origina-se o WDGS. O WDG e o WDGS podem ser comercializados ou ainda passar por um processo de secagem, dando origem do DDG e DDGS.


Gostaria de mais informações sobre o mercado de DDG e WDG?

Quinzenalmente a Scot Consultoria disponibiliza um relatório com breve conjuntura dos seguintes mercados:


- Mercado de DDG e WDG.


- Milho.


- Soja.


- Etanol.


- Comparativos com alimentos concentrados proteicos e energéticos.


- Comparação etanol de milho x cana-de-açúcar.


Confira o relatório de DDG e WDG referente à segunda quinzena de abril e fique por dentro das atualizações sobre o mercado dos coprodutos das usinas de etanol de milho e outros concentrados.


Procurando por informações relevantes e consultoria estratégica?

A Scot Consultoria monitora esse mercado rotineiramente e produz estudos e relatórios feitos sob medida para acompanhamento e auxílio nas tomadas decisão.


Oferecemos informações e análises estratégicas quinzenais, antecipando fatores que possam interferir nos preços e tendências de mercado. As informações são objetivas, com indicações para os mercados monitorados.


Análises setoriais:

- Conjuntura e expectativas de preços no mercado interno: boi gordo, reposição, leite e derivados, frango e suínos, soja, milho, polpa cítrica, sorgo, farelo de algodão, caroço de algodão e coprodutos das usinas de etanol de milho. 


- Considerações e preços de boi no mercado futuro (B3). 


- Considerações sobre o clima e impactos sobre os preços pecuários e agrícolas. 


- Análise da oferta, estoque, exportação e demanda interna, entre outros fatores de importância para os mercados monitorados. 


- Relações de troca: boi gordo versus coprodutos. 


- Comparativos com alimentos concentrados proteicos e energéticos.


Entre em contato conosco através do e-mail: scotconsultoria@scotconsultoria.com.br ou 17 3343 5111e solicite um orçamento.



<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>

Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja

Facebook