• Sexta-feira, 5 de março de 2021
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Preço do farelo de soja subiu 27,2% frente ao mesmo período do ano passado


Quinta-feira, 2 de agosto de 2018 - 05h50

Foto: www.borrazopolis.com


A boa movimentação interna e para exportação são fatores altistas para os preços da soja grão e do farelo de soja no mercado brasileiro. No entanto, as quedas no dólar frente ao real no final de julho refletiram em recuos nas cotações.


No caso do farelo de soja, segundo levantamento da Scot Consultoria, na primeira quinzena de julho, segundo levantamento da Scot Consultoria, em São Paulo, a tonelada ficou cotada, em média, em R$1.444,67, sem o frete.


Na segunda metade do mês, o preço médio do insumo caiu para R$1.424,46 por tonelada, sem o frete.


Apesar da menor pressão em julho, em relação ao mesmo período do ano passado, o farelo de soja está custando 27,2% a mais este ano.


Para o curto prazo, continua o monitoramento da demanda, do câmbio e da situação das lavouras norte-americanas (2018/2019). A expectativa é de mercado firme, mas o câmbio ligeiramente mais fraco, poderá diminuir a pressão sobre as cotações em reais.


Por outro lado, o clima menos favorável nos Estados Unidos nas últimas semanas e a revisão para baixo da situação das lavouras são fatores de sustentação para os preços do grão e do farelo no mercado internacional.



<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>