• Quarta-feira, 17 de agosto de 2022
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Poucos negócios no mercado de reposição


Sexta-feira, 11 de julho de 2014 - 09h06

Semana de poucos negócios no mercado de reposição, principalmente para as categorias mais jovens. Com isso, os preços ficaram próximos da estabilidade, desde a última semana.


Considerando todas as praças e categorias pesquisadas, as cotações estão 0,4% maiores que o mesmo período do mês passado.


Para as categorias mais eradas, principalmente o boi magro (12@), os negócios estão mais movimentados, devido ao início dos confinamentos de segundo ciclo, principalmente na região do Brasil Central.


Em São Paulo, a categoria tem sido negociada por R$1.520,00 por cabeça, entretanto, é comum a ocorrência de negócios acima da referência. A oferta no estado está restrita, o que deve dar sustentação aos atuais patamares de preços no curto prazo.


A semana de lentidão no mercado do boi gordo refletiu em um volume menor de negócios para o mercado de reposição. Com exceção dos confinadores, os pecuaristas esperam uma melhor definição do mercado do boi gordo para saírem às compras.


Em Minas Gerais, o boi magro (12@) apresentou alta semanal de 1,6% e está sendo negociado por R$1.300,00/cabeça. Nas regiões mais próximas ao Triângulo Mineiro os negócios ocorrem com preços em patamares mais elevados que a referência, já na região norte é possível comprar animais desta categoria por valores mais baixos.


Em curto prazo o mercado de reposição deve trabalhar próximo da estabilidade, com negócios pontuais em melhores condições para as categorias mais jovens. Para o boi magro (12@) a expectativa é de que o mercado siga em ambiente firme devido à melhor demanda no período.



<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>

Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja

Facebook