• Sexta-feira, 20 de maio de 2022
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Pressão de alta continua


Terça-feira, 8 de novembro de 2011 - 17h19

Volume de animais para abate atende a até 3. A cotação do boi gordo segue sustentada. Em São Paulo, segundo a Scot Consultoria, 22 das 31 praças consultadas registraram aumento na cotação. A escala média do Estado atende a três dias e, na maioria dos casos, o embarque ocorre para antes do feriado da próxima semana. O indicador boi gordo da Esalq apontou ligeiro recuo na cotação no mercado à vista. O pecuarista recebeu R$102,23 por arroba, valor 0,74% inferior ao verificado na segunda-feira. Nas vendas a prazo, a cotação teve novo reajuste, de 0,13% e terminou avaliada em R$104,29. Muitas indústrias estão dispostas a pagar até R$3,00 acima do valor de referência. No geral o mercado está bastante enxuto e há possibilidade de novas altas nos próximos dias. A falta de carne bovina no atacado também tem colaborado para o reajuste nos preços. No mercado futuro os contratos com vencimento em novembro registraram nova alta e terminaram a terça-feira avaliados em R$106,37. Os contratos com vencimento em dezembro também apontaram reajuste na cotação e fecharam o pregão em R$106,09. Fonte: DBO. Por Monica Costa. 8 de novembro de 2011.
<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>
Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja

Facebook