• Domingo, 3 de julho de 2022
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

DBO vai aos EUA com vencedores do Prêmio Nelson Pineda


Quarta-feira, 19 de outubro de 2011 - 15h46

Grupo visitou unidades do JBS nesta segunda-feira, em Greeley Após 14 horas de avião, partindo de suas cidades de origem até São Paulo e daí para os Estados Unidos, os vencedores da primeira edição do Prêmio Nelson Pineda chegaram a Greeley, no norte do Colorado, ao meio dia da terça-feira, 18 de outubro. Eles foram destaque, nos quesitos eficiência e sustentabilidade, dentre os 100 inscritos na competição criada pela Associação Nacional de Confinadores (Assocon), em parceria com a Scot Consultoria e o Agrocentro. Como reconhecimento, ganharam uma viagem de caráter técnico aos Estados Unidos, com todas as despesas pagas pela JBS, patrocinadora do evento. Durante quatro dias, eles irão conhecer confinamentos e frigoríficos da empresa no centro-oeste norte-americano, onde se concentra a terminação de bovinos no país. Em Greeley, cidade de aproximadamente 80 mil habitantes, fica a sede da JBS USA, cujas instalações os confinadores brasileiros puderam conhecer, após um almoço com os executivos Mike Thoren, CEO da JBS Five Rivers; Tom Brink, Luke Lind e Billy Schimdtz, da J&F Cattle; Scott Shefard e Marco Barros Sampaio, da JBS Risk Management. A Five Rivers, especializada na engorda de bovinos, possui atualmente 12 confinamentos e presta serviços à J&F Cattle, pertencente à Família Batista, proprietária dos animais. O hedge das operações de boi gordo fica a cargo da JBS Risk Manegement, que procura garantir a margem de lucro da indústria por meio de operações no mercado futuro. À tarde, os confinadores brasileiros puderam conhecer a Beef Plant, nas imediações de Greeley, um dos frigoríficos da JBS USA com capacidade para abater 6 mil cabeças/dia. O grupo ficou impressionado com a velocidade operacional e eficiência logística dessa megaplanta, que opera em dois turnos, com 1 mil funcionários cada. A curiosidade dos americanos pela pecuária brasileira é crescente, o que possibilitou farta troca de experiências. Fonte: DBO. Por Maristela Franco. 19 de outubro de 2011.
<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>
Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja

Facebook