• Sexta-feira, 19 de agosto de 2022
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

PIB de Minas Gerais cresce 10%


Terça-feira, 23 de setembro de 2008 - 10h37

Se em 2007 o agronegócio já estava bom, este ano então nem se fala. A previsão do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada da Universidade de São Paulo (Cepea-USP) é de que o Produto Interno Bruto (PIB) do setor chegue a R$737 bilhões. E Minas Gerais deve ser responsável por R$84,4 bilhões desse montante, ou 11,4% - em 2007 o PIB do agronegócio de lá representou 11,03% do PIB do agronegócio brasileiro. No ano passado o setor já comemorou o recorde de R$611,8 bilhões faturados, de acordo com dados da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) - um crescimento de 7,89% em relação a 2006. Olhando para frente, visualizamos uma estimativa de alavancada de 20,4% em 2008 do PIB do setor, quando comparado ao do ano de 2007. Em Minas o crescimento de 10% verificado no primeiro semestre foi impulsionado principalmente pela pecuária de corte e leiteira, que cresceu 14,04%, enquanto isso a agricultura cresceu apenas 5,94%. “Houve uma mudança muito clara da resposta do leite e da carne. Os dois produtos estavam deprimidos no ano passado e tiveram uma recuperação interessante este ano”, analisa o Secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais Gilman Viana Rodrigues. O consultor de pecuária da Scot Fabiano Tito Rosa, lembra que a recuperação dos preços do boi e do leite no começo do ano foi muito forte, mas o crescimento futuro deve ser mais modesto. “A fase de alta já passou, mas o setor ainda vai seguir crescendo”, analisa Tito Rosa. “A vedete do segundo semestre vai ser o manejo florestal, além do etanol. Hoje nosso estado já é o segundo maior produtor”, prevê e comemora o Secretário Gilman Viana. E olha que os resultados com a liberação das exportações de carne para a Europa de 287 novos municípios mineiros só devem ser sentidos no PIB do próximo ano. O estado de Minas Gerais tem peso de 60% no saldo da balança comercial do país. Fonte: Gazeta Mercantil. Agronegócio. Por Gilmara Botelho. 23 de setembro de 2008.
<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>
Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja

Facebook