• Segunda-feira, 4 de julho de 2022
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Cresce interesse do mercado internacional pela compra de gado em pé


Terça-feira, 26 de agosto de 2008 - 17h33

Segundo a veterinária Maria Gabriela Tonini, só no ano passado, foram vendidas cerca de 430 mil cabeças apenas para abate A exportação de gado vivo para abate ou reprodução está em alta. A avaliação é da médica veterinária Maria Gabriela Tonini, que concedeu entrevista ao Mercado e Companhia, nesta terça, dia 26. O crescimento do negócio tem sido significativo principalmente nos dois últimos anos, explicou Maria Gabriela. Segundo ela, no ano passado, foram exportadas cerca de 430 mil cabeças, contra cerca de 250 mil em 2006, considerando apenas o gado para abate. – Há muitos frigoríficos e negociadores com grande interesse nessa área – informou Maria Gabriela Tonini, segundo quem as regiões que mais exportam são Pará e Rio Grande do Sul. No mercado interno, a médica veterinária explicou que os preços ainda continuam firmes, já que as escalas de abate estão mais curtas. – Só registramos alta em Marabá, no Pará, onde houve aumento de R$1,00 por arroba. De maneira geral, o mercado está mais firme. É bem provável que se observe novas altas no curto prazo. Por outro lado, ressaltou Maria Gabriela, ainda há certa resistência dos frigoríficos em pagar mais pela matéria-prima. Fonte: Canal Rural. Pecuária. 26 de agosto de 2008.
<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>
Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja

Facebook