• Sábado, 25 de maio de 2024
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Gestão de pessoas

Entrevista com o zootecnista, Ricardo Arantes

Segunda-feira, 10 de abril de 2023 - 10h00
-A +A

Zootecnista formado pela FAZU, em Uberaba-MG. Gestor de fazenda, proprietário de fábrica de minerais em Goiás e gestor de rede de postos de combustível. Trabalhou no setor de marketing da Nutron Cargill até 2022 e, no mesmo ano, criou a TRI Comunicação e Treinamento, onde se dedica exclusivamente a treinar pessoas. Ricardo será palestrante no Encontro de Confinamento e Recriadores.

Foto: Bela Magrela


Scot Consultoria: Ricardo, pode nos adiantar um pouco do assunto da sua palestra no ECR?

Ricardo Arantes: Meu trabalho nasceu da fala de um pecuarista, que me pediu “Ricardo, me ajuda com a minha equipe?”. Essa é a dor da maioria das indústrias. Eu me interesso por pessoas, então criei um treinamento para lidar com elas.

Minha palestra não será motivacional, será “ativacional”, ninguém muda ninguém, mas pode ativar na pessoa a vontade de mudar. Então, criei esse treinamento e foi dando certo, eu faço as pessoas pensarem. Por isso, a minha conversa no ECR será “Ver, pensar e fazer o trabalho sem medo”.

Mostro a necessidade de ver o trabalho de uma forma diferente, sem ser uma obrigação, sem o olhar de desgosto. Nesse treinamento, eu passo 10 perguntas, uma delas é a seguinte: “O que você faz aqui no confinamento?”, e as respostas que vem são sobre as tarefas que realizam ali, mas não foi isso que eu perguntei, então eu explico que eles fazem carne, todo trabalho que realizam na propriedade, é essencial para a produção de carne. Portanto, devem valorizar mais o trabalho que realizam, porque é um trabalho importante.

Eu sou apaixonado por pessoas, nasci e cresci em fazenda, fui criado com os peões e com os filhos deles, é uma classe que eu gosto muito e protejo, porque são muito trabalhadores e amam muito o que fazem.

Scot Consultoria: Você sempre trabalhou com a pecuária, certo? Conte-nos um pouco sobre os passos da sua carreira até hoje.

Ricardo Arantes: A vida me tirou por um breve período da pecuária, eu tive lojas em um shopping center, mas sempre lidando com pessoas, e geri uma rede de postos de combustíveis, mas foi um período muito curto, minha vida foi sempre muito ligada ao agronegócio. Quem está no agronegócio, não quer sair.

Scot Consultoria: Para o pecuarista, qual a vantagem de investir em gestão de pessoas?

Ricardo Arantes: Não existe desvantagem, quando se faz um investimento que não tem como dar errado, não tem desvantagens e não tem como ser ruim. Não tem chance de dar algo errado em investir em pessoas, da forma correta e com planejamento. Na minha política de trabalho, você deve levar os treinamentos técnicos para sua equipe, mas se ela não estiver engajada e contente, o aproveitamento desse treinamento é muito baixo. Invista nas pessoas primeiros, no bem-estar delas. Já pedi para o dono da fazenda trocar os arreios, pois o colaborador passa o dia inteiro lá, então é importante cuidar, pequenos detalhes fazem diferença. Cuidar do que aquela pessoa precisa é essencial, quando você leva para o outro aquilo que vai trazer bem-estar e engajamento, ele vai falar que gosta de estar ali, não é sobre salário, é ele gostar de onde mora, é onde o filho dele está. O medo é um grande empecilho do trabalhador, às vezes ele não faz melhor, não atua melhor, por medo de ser chamado de “puxa-saco”, ele não é aceito e ele não quer estar mal no grupo, e tem medo de ser chamado a atenção ou ser mandado embora.


<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>
Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja