• Sábado, 25 de maio de 2024
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Ferramentas de proteção

Entrevista com o engenheiro agrônomo, Leonardo Rios

Terça-feira, 4 de abril de 2023 - 06h00
-A +A

Engenheiro agrônomo formado pela Universidade Federal de Goiás (UFG), especialista em bovinocultura de corte pela mesma instituição. Possui MBA em gestão empresarial pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e trabalha há 16 anos no Grupo Otávio Lage no setor de gestão da pecuária. Leonardo será palestrante no Encontro de Confinamento e Recriadores (ECR) da Scot Consultoria.

Foto: Bela Magrela


Scot Consultoria: Leonardo, estamos às vésperas do nosso evento, o Encontro de Confinamento e Recriadores. Qual será o foco da sua palestra em nosso evento?

Leonardo Rios: Eu vou falar sobre compra de gado, estratégias do Grupo Otávio Lage para a compra de animais para pastagem e confinamento.

Scot Consultoria: Como você iniciou seu trabalho com a pecuária?

Leonardo Rios: Eu estou no grupo há 16 anos, iniciei como estagiário, sou engenheiro agrônomo de formação, hoje cuido dos nossos negócios na pecuária e na integração lavoura pecuária (ILP). Temos duas áreas muito importantes na parte comercial, a primeira é a venda de genética, em que trabalhamos com a venda de animais Nelore, sêmen e embriões, a outra área é a compra de gado. Em 2022, compramos 24,8 mil animais e, para 2023, a previsão é de aquisição de 28 mil animais, um volume expressivo dentro da nossa operação, e que precisa ser gerenciado.

Scot Consultoria: Quais conselhos você daria para o pecuarista de hoje, com relação aos momentos desafiadores que o setor está vivendo?

Leonardo Rios: Momentos desafiadores aparecem e devemos enxergá-los como oportunidade de melhorar o processo e enxergar nosso negócio mais a fundo. É uma oportunidade de melhorar. É importante trabalhar com planejamento, tabela de compra, ferramentas de gestão de risco. O mote do evento é sobre “não ser o motivo da sua própria extinção”, e as estratégias de gestão que garantirão a longevidade do negócio.

Scot Consultoria: Quais as melhores ferramentas de gestão na sua visão?

Leonardo Rios: As ferramentas de gestão de risco que utilizamos são: garantir escala e bonificação, atuar na B3, na compra e venda de gado e na compra de insumos (tentamos atuar com insumos substitutos ao milho e a soja, para baratear o custo da matéria seca da dieta). No evento, falarei sobre a compra de gado, que é para onde vai a maior parte do dinheiro e trabalhamos com tabelas de compra, volume e margem e fidelizamos fornecedores de gado.

Scot Consultoria: Qual a sua dica para o pecuarista que trabalha com a cria para 2023?

Leonardo Rios: A cria é o setor que mais sofre no ciclo de baixa, porque está ligada à produção, já que não é possível baixar o custo e sua venda é atrelada ao mercado. Eu indico continuar investindo em genética, em bons animais e técnicas de melhoramento e olhar para o rebanho, enxugar a atividade de cria, eliminando o que não está produzindo e ficando com um rebanho realmente produtivo.


<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>
Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja