• Quinta-feira, 30 de junho de 2022
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Temporada de chuva está chegando ao fim


Terça-feira, 26 de abril de 2022 - 10h30

Foto: Shutterstock


Em abril (até 21/4), com exceção da região Noroeste e extremo Norte, além de algumas regiões no Sul e alguns outros pontos isolados no restante do país, as chuvas não passaram de 100 milímetros. Os maiores déficits se concentraram em Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso e São Paulo. Veja na figura 1


Na região Sul, os pontos de maior incidência de chuva dificultam o andamento da colheita de soja, com destaque para o Rio Grande do Sul, que até 16/4 tinha apenas 38% da área semeada colhida. 


A falta de precipitações tem preocupado os produtores em Goiás e Minas Gerais, nas regiões em que o ciclo do milho de segunda safra está menos avançado, com possibilidade de limitações produtivas. 


Marcada pelo avanço do período seco e os baixos índices pluviométricos, a capacidade de suporte das pastagens nas principais regiões pecuárias brasileiras também reduziu no período. 


Para maio são esperados volumes de chuva ainda menores. Com exceção da região Norte e extremo Nordeste, em que as previsões de precipitações seguem em bons níveis, os volumes de chuvas não devem ultrapassar 80 milímetros em boa parte do país (figura 2).


Figura 1. Precipitação em abril (até 21/04), em milímetros.

Fonte: INPE / CPTEC


Figura 2. Previsão de precipitação em maio, em milímetros.

Fonte: INMET



<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>

Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja

Facebook