• Sexta-feira, 23 de julho de 2021
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Chuvas ficaram abaixo da média histórica no Brasil Central em janeiro/21


Quinta-feira, 4 de fevereiro de 2021 - 14h50

Em janeiro/21, as precipitações foram mais regulares e em maiores volumes nas regiões Norte e Sul do país. No acumulado do mês choveu até 450-500 milímetros em alguns municípios no Oeste do Paraná, por exemplo.


Na região Centro-Oeste e Sudeste do Brasil, as chuvas ocorreram em volumes menores comparativamente, entre 200-350 milímetros, mas em algumas áreas não chegaram a 100-150 milímetros. 


Já na região Nordeste, as precipitações não ultrapassaram os 25-50 milímetros em boa parte dos estados. 


Dessa forma, no acumulado de janeiro/21, houve déficit de chuvas em boa parte do Centro-Oeste, Sudeste e Nordeste do Brasil. Veja na figura 1 os mapas com o total de chuvas no país em janeiro último e as anomalias (desvios) em relação à normal climatológica (média histórica).



Em curto prazo (até o dia 12/2), a previsão é de que as chuvas avancem para o Centro-Oeste, Sudeste e Norte do Brasil, por outro lado, os volumes deverão diminuir nos estados do Sul, além do Sul de São Paulo e de Mato Grosso do Sul (figura 2).






O Confina Brasil, expedição que promove o levantamento de dados da pecuária intensiva, já está na estrada. A meta em 2021 é mapear 40% do gado confinado no país. Siga o @confinabrasil no Instagram e acesse confinabrasil.com para acompanhar a expedição.


Próxima Notícia >>