• Segunda-feira, 18 de novembro de 2019
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Boi gordo: não é só o preço que interessa


Quinta-feira, 25 de julho de 2019 - 16h10

por Douglas Coelho

Zootecnista formado pela UNESP – Jaboticabal-SP e sócio da Radar Investimentos.


Foto: Scot Consultoria


Diversas vezes escrevemos neste espaço fundamentos que contextualizam o mercado físico de commodities agrícolas. 


Desta vez, abordaremos um conceito relativamente simples, mas que comumente não é acompanhado o quanto merece, que é a divisão de contratos negociados no mercado futuro de boi gordo por tipo de participante. 


Na negociação dos futuros da B3 existem cinco categorias de participantes, que são: 


Pessoa Jurídica Financeira: bancos comerciais e de investimento;


Pessoa Jurídica Não Financeira: empresas não financeiras. É nesta categoria que estão os frigoríficos;


Investidor Institucional: fundos de investimento;


Investidor não residente: estrangeiros;


Pessoa Física: pecuaristas e especuladores do mercado. 


Atualmente, temos observado que o volume de animais terminados a pasto é a minoria dentro das operações de abate dos frigoríficos paulistas. Ou seja, o final da safra já é uma página praticamente virada no mercado físico do boi gordo. 


Este cenário vai ao encontro dos dados da tabela 1, que é a última posição de participantes divulgada.


Note que um pouco menos da metade da posição comprada no mercado futuro do boi gordo está “na mão” da pessoa física. Enquanto, 73,5% da posição vendedora é de pessoas jurídicas não financeiras, da mesma forma que, a posição líquida é de -10.803 (posição vendida maior do que a posição comprada). Isto é explicado pelo hedge das compras de boi a termo feito pela indústria, que é realizado com as vendas de contratos no mercado futuro.


Vale a pena ponderar que mesmo os frigoríficos sendo P.J. Não Financeira, não é possível afirmar que essa posição vendida seja 100% desta indústria.


Tabela 1.
Contratos de compra e venda por tipo de participante.

Fonte: B3.


Toda sexta-feira pela manhã, a atualização destas posições é disponibilizada pela B3. A Radar Investimentos também compila estes dados e colabora com a divulgação contínua para os nossos clientes e parceiros.


A combinação da leitura dos fatos no mercado físico e preços acompanhada desta dinâmica de participantes amplia a visão do hedger/especulador. Ter uma visão holística do mercado é fundamental para usar as ferramentas de proteção de preços com mais segurança.


Artigo originalmente publicado no informativo Boi & Companhia, edição 1349.



<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>

Buscar
Scot - Facebook Leite
 
Scot - Facebook Scot - Twitter Scot - Youtube Scot - Instagram Scot - Rss Scot - Linkedin

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos



TV Scot

Podcasts



Loja

Facebook





  • Copyright 2019, Scot Consultoria, Rua Coronel Conrado Caldeira, 578 • Bebedouro - SP - Brasil - 14701-000 | +55 17 3343 5111