• Sábado, 19 de outubro de 2019
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Plenária MDIC-DOC irá tratar de inovação e sustentabilidade


Quarta-feira, 22 de setembro de 2010 - 10h45

O secretário de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Welber Barral, reúne-se, nesta quarta-feira (22/9), com o subsecretário do Departamento de Comércio dos Estados Unidos (DOC), Francisco Sanchez, para mais uma sessão plenária de diálogo comercial entre Brasil e Estados Unidos, em Washington. A reunião terá como temas principais inovação e sustentabilidade, com foco nas relações comerciais com empresas de alta tecnologia. Haverá debates específicos sobre os setores de facilitação de comércio, serviços, propriedade intelectual e padrões tecnológicos. O secretário avalia que o encontro será importante ainda para “alcançar uma nova fase na relação comercial entre os dois países”. Segundo Barral, Brasil e Estados Unidos se reconhecem como parceiros comerciais estratégicos que podem avançar mais no intercâmbio com recuperação posterior à crise financeira. Em 2009, os Estados Unidos (US$ 15,74 bilhões) deixaram de ser o principal importador de produtos brasileiros sendo ultrapassados pela China (US$ 20,191 bilhões). No acumulado de janeiro a julho de 2010, as compras americanas no mercado brasileiro representaram 9,85% do total exportado pelo país, primeira vez que este patamar ficou abaixo dos 10%. Intercâmbio Comercial De janeiro a agosto de 2010, as exportações brasileiras aos Estados Unidos totalizaram US$ 12,5 bilhões, representando crescimento de 24,5% sobre igual período do ano anterior, quando atingiu o valor de US$ 10 bilhões. Nas importações brasileiras, houve aumento de 32,4%, passando de US$ 13,1 bilhões para US$ 17,3 bilhões no período. Com esse resultado, houve déficit para o Brasil em US$ 4,8 bilhões. A corrente de comércio entre os dois países registrou avanço de 29%, passando de US$ 23,1 bilhões para US$ 29,8 bilhões no acumulado dos oito primeiros meses de 2010 no comparativo com o ano anterior. Na pauta das exportações brasileiras aos EUA, os bens industrializados predominam e correspondem por 67,4% do total exportado entre janeiro e agosto de 2010, distribuídos entre 16% de semimanufaturados e 51,3% de manufaturados. Os produtos básicos representaram 29,6% das vendas totais. Nas importações, também se destacam os bens industrializados (93% da pauta), sendo 2,1% de semimanufaturados e 90,9% de manufaturados. Os produtos básicos registraram participação de 7% do total das compras externas brasileiras. Fonte: MDIC. 21 de setembro de 2010.
<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>
Buscar
Scot - Facebook Leite
 
Scot - Facebook Scot - Twitter Scot - Youtube Scot - Instagram Scot - Rss Scot - Linkedin

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos



TV Scot

Podcasts



Loja

Facebook





  • Copyright 2019, Scot Consultoria, Rua Coronel Conrado Caldeira, 578 • Bebedouro - SP - Brasil - 14701-000 | +55 17 3343 5111