• Sexta-feira, 19 de julho de 2024
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Curtas


Terça-feira, 23 de agosto de 2011 - 09h24

Briga de gigantes A Syngenta abriu um processo nos Estados Unidos contra a Bunge, sob alegação de que a trading está, ilegalmente, recusando grãos de milho produzidos a partir de sementes transgênicas da linha Agrisure Viptera, desenvolvida pela multinacional franco-suíça. A Bunge, que opera uma rede de terminais graneleiros em todo o mundo, declarou que está "impossibilitada" de aceitar essas entregas porque o produto ainda não foi aprovado por China e União Europeia, principais importadores dessas commodities, embora tenha tido seu cultivo liberado nos EUA, Canadá, Argentina e Brasil. Seca nos EUA A condição das lavouras de milho e soja dos Estados Unidos piorou na semana encerrada no último domingo, apontou o Departamento de Agricultura do país (USDA), em levantamento divulgado ontem. A queda de qualidade foi provocada pelo clima seco e quente nos Estados produtores do Meio-Oeste americano. Apenas 57% do milho foi avaliado como em boa ou excelente condição, ante 60% na semana anterior e 70% em igual período do ano passado. No caso da oleaginosa, 59% das plantações estão boas ou excelentes, ante 61% uma semana antes e 64% há um ano. Inovação (1) O BNDES e a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) anunciaram ontem que 39 empresas foram selecionadas para a segunda etapa do Plano Conjunto de Apoio à Inovação Tecnológica Industrial dos Setores Sucroenergético e Sucroquímico (PAISS). Na primeira etapa, 57 empresas concorreram. Agora, as selecionadas devem enviar planos de negócios até 14 de outubro, no caso das linhas temáticas 2 e 3 ("Novos produtos de cana-de-açúcar" e "Gaseificação da biomassa de cana"). As empresas que se inscreveram para pesquisar bioetanol de segunda geração têm até 18 de novembro para entregar o plano de negócios. Inovação (2) Iniciativa conjunta do BNDES e da Finep, o PAISS conta com R$1 bilhão em recursos disponíveis para serem utilizados no período 2011-2014. Os projetos selecionados na próxima etapa poderão ter financiamento dentro das diversas linhas e programas do BNDES e da Finep, incluindo participação societária por meio da BNDESPar. Mais potássio (1) A Potássio do Brasil anunciou ontem uma nova "interceptação" de minério de potássio que, de acordo com a empresa, indica a existência de jazidas de classe mundial na região amazônica. A perfuração, realizada perto das jazidas de Fazendinha e Arari, da Petrobras, "intersectou" 1,8 metro de silvinita, com teor de 39,9% cloreto de potássio, a uma profundidade de 843 metros. Mais potássio (2) Em setembro do ano passado, a Potássio do Brasil já havia feito o anúncio de uma descoberta semelhante em uma localidade próxima. Os dois furos estão localizados no município de Autazes, no Estado do Amazonas. Fonte: Valor Online. Pela Redação. 23 de agosto de 2011.
<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>
Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja