• Sábado, 13 de agosto de 2022
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Mercado - receptoras


Sexta-feira, 11 de junho de 2010 - 11h29

Caiu a movimentação no mercado de receptoras nos últimos meses. Está havendo maior seleção dos animais que serão submetidos à técnica, o que diminuiu o volume de transferências, segundo profissionais do setor. Mesmo com diminuição das transferências desde o início de 2010, o volume deste ano está maior que o do ano passado. Na verdade, o que pesou em 2009 foi o clima de insegurança quanto à economia e os preços menos atrativos do boi gordo, que no primeiro semestre ficaram 9,4% abaixo da média do segundo semestre de 2008. O pecuarista viu o preço da arroba cair e, em cenário incerto, investiu menos em tecnologia, incluindo reprodução. Já o primeiro semestre de 2010 foi de cotações firmes. Ao preço do boi, somam-se os valores da reposição, que subiram forte no começo de 2010 e, embora encareçam as fêmeas usadas como receptoras, incentivam quem deseja investir em genética. Além disso, o câmbio, no mesmo período do ano passado, também estava desfavorável para a importação de sêmen, materiais e hormônios. A média cambial no primeiro semestre de 2009 foi de R$2,19, 19% maior que a atual. O volume de vendas deve aumentar no início do período das chuvas, no final do ano, que também coincide com a estação de monta a campo.
<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>
Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja

Facebook