• Segunda-feira, 8 de agosto de 2022
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Outubro foi o mês de alto para a carne sem osso


Sexta-feira, 28 de outubro de 2011 - 12h14

As vendas melhoraram no mercado atacadista de carne bovina sem osso de São Paulo. O período é típico de crescimento da demanda por parte dos varejistas, aguardando o início de mês. Porém, o mais importante é ressaltar que em outubro não houve nenhuma semana em que o mercado tenha trabalhado em queda. A diferença entre a receita com a venda de todos os produtos do frigorífico e o que se paga pelo boi gordo ficou em 25,8% durante o mês. Em igual período de 2010, a diferença era 16,4%, ou seja, a margem da indústria melhorou. No varejo, comportamento típico de final de mês. Queda de 1% nos preços no Paraná e no Rio de Janeiro e de 2% em Minas Gerais. São Paulo foi o único estado onde os preços ficaram estáveis.
<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>
Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja

Facebook